Brasil

Flordelis vira titular da Secretaria da Mulher

diario da manha

Ré pela morte do marido, o pastor Anderson do Carmo, a deputada federal Flordelis (PSD) ganhou uma nova missão. De acordo com o site da Câmara dos Deputados, ela foi nomeada como titular da Secretaria da Mulher. As informações são da Revista Veja.

Segundo a revista, o governo dedicou aproximadamente R$ 10,1 milhões em emendas para a deputada. Além disso, outros R$ 2,8 milhões, de emendas em 2020, estavam empenhados, mas não chegaram a ser pagos.

Leia também: Apresentador Ratinho defende Bolsonaro e ataca críticos: “Cambada de vagabundo”

O cargo foi atualizado na página oficial de Flordelis no site da Câmara. “Fiscalizar e acompanhar programas do Governo Federal, receber denúncias de discriminação e violência contra a mulher e cooperar com organismos nacionais e internacionais na promoção dos direitos da mulher”, estão entre as atribuições da secretaria.

Flordelis foi apontada pela Polícia Civil do Rio de Janeiro e o Ministério Público estadual como a mentora e a mandante do homicídio do próprio marido, em junho de 2019. Quando for encaminhado um relatório ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, ela poderá perder o mandato de deputada porque está sendo investigada também pela Mesa Diretora da Câmara. A parlamentar nega as acusações. Ela e os demais réus estão sendo julgados pela 3ª Vara Criminal de Niterói.

Leia também: Tino Marcos anuncia saída da Globo: “Minha casa por 35 anos”

Comentários