Coronavírus

Japão anuncia que entrará em estado de emergência a partir de terça - feira

diario da manha

Nesta segunda-feira (6) o governo do Japão anunciou que, a partir de terça, entrará em estado de emergência para deter a propagação do novo coronavírus, acelerado recentemente em algumas regiões do país, principalmente em Tóquio, segundo a imprensa local.

Por ser vizinho de China, onde o vírus começou, o país foi muito menos afetado até o momento pela pandemia em comparação com Europa e Estados Unidos. Porém, a contagem diária de novos casos aumentou consideravelmente na semana passada e, por isso, o governo vem sendo alvo de críticas por demorar a tomar medidas mais duras.

O Ministério da Saúde do Japão anunciou no domingo (5), 378 novos casos de coronavírus e 84 mortes. O número total de casos passa de 4,3 mil, dos quais 712 eram do navio de cruzeiro Diamond Princess, que ficou atracado no porto de Yokohama.

Espanha chega ao quarto dia consecutivo com queda no número de mortes diárias: nas últimas 24 horas, foram registradas 637 mortes relacionadas à Covid-19, cifra mais baixa desde 24 de março. O total é de 13.055. O número de curados passa dos 40 mil. São mais de 135 mil infectados e, destes, 60 mil estão hospitalizados.

As últimas notícias desta segunda-feira:

  • Rússia chega a 6.343 casos nas últimas 24 horas e bate recorde diário
  • Índia tem mais de 4.067 contaminados, com 109 novas mortes
  • Coréia do Sul estende distanciamento social até 19 de abril
  • Espanha tem queda no número de mortes diárias pelo quarto dia seguido
  • Áustria planeja reabertura do comércio a partir do dia 14 de abril

Segundo informações da universidade Johns Hopkings até às 7h30, 9.648 já morreram em decorrência da doença. Destes, 3 mil morreram na cidade de Nova York. O número de infectados no país passou dos 337 mil. Os Estados Unidos estão próximos de registrarem 10 mil mortes relacionadas à Covid-19. 

Reino Unido

O primeiro-ministro Boris do Reino Unido, foi diagnosticado com Covid-19 há 10 dias, foi internado em um hospital para passar por exames. No domingo, a rainha Elizabeth II pediu aos britânicos que superem o tempo de “dor” e “enormes mudanças” que a nova pandemia de coronavírus trouxe.

Pelo mundo

A partir de 14 de Abril, o governo da Áustria planeja a reabertura do comércio, disse o chanceler Sebastian Kurz. Ainda há uma preocupação com a ocupação dos leitos de terapia intensiva (UTI), mas a doença dá sinais de estar controlada na região.

Segundo o Governo a expectativa é de abrir lojas não essenciais de menos de 400 metros quadrados em 14 de abril, seguidas por todas as demais, shoppings e cabeleireiros a partir de 1º de maio. Todos deverão usar máscaras de proteção não só nas lojas, mas também no transporte público.

Com informações do G1

Comentários