Cidades

Polícia Civil identifica suspeito de ameaçar a Deputada Estadual Delegada Adriana Accorsi

O homem identificado tem 27 anos de idade e é natural e morador de uma pequena cidade do Estado do Acre. Ele é apontado pela Polícia Civil como autor das mensagens e responderá pelo crime ameaça

diario da manha

Na última quarta-feira (18), a Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC), recebeu uma denúncia da Delegada Adriana Accorsi em que a própria informou que havia recebido mensagens de ameaças contra sua vida e de suas filhas. Adriana Accorsi é Deputada Estadual de Goiás e Delegada da Polícia Civil.

As mensagens, segundo a deputada, teriam sido enviadas por usuário da rede social Instagram, por meio do Direct, no perfil de rede social da vítima. Ela afirma ter recebido tais mensagens com muita preocupação, já que as mesmas expressavam demonstração de ódio político.

O usuário se identificava como Hugo Rossi e utilizava um perfil falso para proferir as ameaças. Foto: reprodução/PCGO

A DERCC então, por meio de diversas diligências, identificou o homem de 27 anos de idade, que é natural e morador de uma pequena cidade do Estado do Acre, e foi de lá que enviou as mensagens de ameaça.

Com apoio da Polícia Civil do Acre, o investigado foi ouvido na delegacia da pequena cidade de Sena Madureira (AC), oportunidade na qual confessou a autoria do envio das mensagens e afirmou que nunca teria imaginado que pudesse ser identificado pela Polícia Civil.

Os policiais identificaram ainda que o homem é envolvido em várias manifestações de ódio pela internet, em especial aquelas ligadas a opiniões políticas. O suspeito é apontado pela Polícia Civil como autor das mensagens e responderá pelo crime ameaça.

Comentários