Brasil

Polícia acaba festa com 500 pessoas em imóvel de Elba Ramalho em Trancoso

diario da manha

Na noite de terça-feira (29), a Polícia Militar encerrou uma festa no imóvel de Elba Ramalho em Trancoso, no sul da Bahia. Em plena pandemia, o evento contava com mais de 500 pessoas.

De acordo com a cantora, a casa estava alugada para turistas de São Paulo e que não estava ciente da festa. “A casa foi alugada do dia 25 de dezembro ao dia 4 de janeiro, como todos os anos eu faço. Esse é um período em que eu alugo outra casa ou fico numa pousada porque eu venho mesmo para descansar. A casa está nas mãos de outras pessoas, que vão responder. A responsabilidade é delas, não é minha”, disse.

Leia também: Teste negativo para Covid-19 passa a ser exigido a passageiros que embarcam ao Brasil

Polícia acaba festa com 500 pessoas em imóvel de Elba Ramalho em Trancoso
Polícia encerra com 500 pessoas em imóvel de Elba Ramalho

“Claro que estou chateada com as pessoas que alugaram, e eles vão ter que segurar essa marimba. Realmente eu sou totalmente inocente nessa história. Sou uma pessoa supertranquila, não gosto de festas. Minha relação é com o povo da terra. Estou num lugar muito calmo e não posso responder pelas pessoas que alugaram a casa. A polícia fez muito bem em ir lá e acabar com a festa. Pra mim, foi um susto saber que eles estavam fazendo isso até porque eu estava o tempo todo atenta, dizendo não pode fazer, não pode infringir a lei. As pessoas se aproveitam do momento para me atacar e eu não tenho culpa de nada”, disse a cantora a Revista Quem.

Além disso, a Polícia Militar também encerrou outros eventos em Trancoso, como uma festa no condomínio Altos de Trancoso na segunda-feira (28).

De acordo com Elba Ramalho, imóvel estava alugado e ela achou justo a atitude da Polícia. (Vídeo: Reprodução)

Comentários