Brasil

Filho de goleiro Bruno desabafa: "Deveria ficar em prisão perpétua"

diario da manha

O filho do ex-goleiro Bruno, Bruninho Samudio, de apenas 10 anos, revelou que se sente ameaçado com o pai em liberdade e a contratação dele por um time no Acre. O garoto, que raramente se pronuncia, deu uma entrevista ao site ContilNet.

“No mínimo ele deveria ficar em prisão perpétua, porque eu acho uma sacanagem tirar a vida de um ser humano. Não existe nenhum motivo que explique isso. Nenhum. Infelizmente ele é uma ameaça para a sociedade, e eu me sinto muito ameaçado com isso”, desabafou.

De acordo com uma entrevista ao portal Uol no último dia das crianças, o garoto chegou afirmar que não conhecia Bruno como seu pai e que adoraria até mudar seu nome.

“Na verdade, ele me diz o tempo todo que queria se chamar Gabriel, que queria mudar de nome. Eu não vou fazer isso, de jeito nenhum. Se o Bruninho, quando for adulto, quiser fazer isso, vou respeitar, mas não vou interferir no nome que minha filha escolheu”, disse a avó ao Uol.

Filho de goleiro Bruno desabafa: "Deveria ficar em prisão perpétua" (Foto: Reprodução/ContilNet)
Filho de goleiro Bruno desabafa: “Deveria ficar em prisão perpétua” (Foto: Reprodução/ContilNet)

Liberdade de Bruno

Condenado por homicídio triplamente qualificado da modelo Eliza Samudio, ele foi julgado a 22 anos de prisão, mas vive em regime semi-aberto desde julho de 2019.

No início deste mês, o atleta foi apresentado como novo goleiro do Rio Branco Futebol Clube. O contrato de 6 meses prevê a disputa da série D do Brasileirão, do Campeonato Acreano e da Copa Verde.

No final de junho, Bruno causou polêmica e recebeu críticas na internet ao ser contratado para propaganda de um canil. Alguns internautas relembraram que os restos mortais de Eliza foram dados como comida aos cães, segundo a justiça.

Comentários