Cotidiano

Homem é preso pela polícia em Minas Gerais suspeito de feminicídio

Marido é o principal suspeito do desaparecimento de Ana Marcia Gomes Santiago. O caso é investigado pela polícia

diario da manha

Em novembro do ano passado um homem de 42 anos, procurou a polícia de Belo Horizonte para registrar o desaparecimento da mulher. De acordo com o relato, a mulher havia saído e não voltado mais. Desde então, a polícia investiga as causas do desaparecimento de Ana Márcia Gomes Santiago de 41 anos.

A Polícia Civil informou nesta terça-feira (23) que o homem está preso por suspeita de assassinar a companheira. Com a apuração dos fatos o esposo, o mesmo que havia feito a queixa de desaparecimento, é suspeito de feminicídio, ocultação de cadáver e fraude processual.

O casal estava junto cerca de 9 anos e o relacionamento era bastante conturbado. Em evidências de um crime sangrento foi encontrada grande quantidade de sangue da vítima no quarto dela, na casa onde vivia com a família. A motivação do crime teria sido ciúmes.

O homem foi detido em casa na semana passada e, segundo a polícia, ele não resistiu à prisão. No depoimento, o suspeito disse que houve uma discussão e que Ana Márcia caiu e bateu a cabeça, no momento de desespero, colocou o corpo no carro e depois o abandonou às margens do Rio Paraopeba. Para a polícia, a versão dele não se sustenta com base nas provas.

A delegada Maria Alice que comanda a investigação e o desaparecimento do corpo de Ana Márcia relata “A gente pode constatar que se trata de uma pessoa bastante dissimulada, que falseia o tempo todo”

“Mesmo que ele tenha tentado dissuadir, retirar qualquer vestígio de sangue, a parede foi raspada, foi arrancado o reboco e o chão também foi bastante lavado”

Feminicídio é crime

Se você está passando por um relacionamento abusivo proteja-se de ameaças. Entre em contato com a ” Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180″

Delegacia da Mulher – Goiânia (62) 3201-2801

Comentários