Segurança Pública

Carros de luxo são incendiados pelo PCC

Narcotraficante desaparece após PCC, incendiar seus carros de luxo

diario da manha
Imagem retirada do site UOL

Na última terça-feira (22), o Primeiro Comando da Capital (PCC) colocou fogo em três carros de luxo do narcotraficante Artemio Júnior Rojas Calonga. O acontecimento foi na fronteira entre Brasil e Paraguai.

Segundo informações Artemio teria sido avisado pelo PCC na segunda-feira (21). De acordo com o site ABC Color, o comunicado ainda dizia que se outros membros ajudasse Rojas, seriam punidos pelo comando.

Os três carros – Chevrolet Camaro, Jeep e Range Rover – foram queimados em pontos distintos da cidade de Pedro Juan Caballero. Segundo a polícia local os crime não teria sido feito contra os bens de Artemio, na verdade, a polícia suspeita de que os carros teriam sido usados para criminalidade e foram queimados para apagar provas.

De acordo com o site da UOL ” A polícia paraguaia afirma que Calonga, que atua na fronteira entre as cidades de Pedro Juan Caballero e Ponta Porã (MS) fornecendo drogas para o PCC e para o CV (Comando Vermelho), “desrespeitou acordos” com a facção paulista e, por isso, foi ameaçado de morte”.

Desde o episódio o narcotrafiante não foi encontrado e seus comparsas também sumiram. O PCC ainda manda mais um recado dizendo que quem se juntar com Calongas será tratado como inimigo da facção.

Comentários