Saúde

Vacina contra Covid não será obrigatória, diz Bolsonaro

Bolsonaro completou dizendo que o Ministério da Saúde vai oferecer a vacina a todos, assim que ela estiver disponível.

diario da manha

Nesta segunda-feira (19) o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) voltou afirmar que vacina contra COVID-19 não será obrigatória. O anúncio foi feito agora pouco no Palácio da Alvorada.

Aproveitou para alfinetar o governador de São Paulo, João Doria, que já deixou claro que no estado a vacina assim que sair será obrigatória para toda população, com exceção de pessoas que tenham laudo médico contra indicando o uso da vacina.

Em São Paulo, João Doria tem parceria com um laboratório Chinês, SinoVac, para que sejam produzidas mais de 43 milhões de dose da vacina, até o momento a CoronaVac foi testada em cerca de 9 mil brasileiros, e apresentou resultados satisfatórios.

O presidente afirmou ainda “Meu ministro [da Saúde, Eduardo Pazuello] já disse claramente que não será obrigatória essa vacina e ponto final. Tem 1 governador aí que está se intitulando o médico do Brasil, dizendo que ela será obrigatória. Repito que não será

Bolsonaro completou dizendo que o Ministério da Saúde vai oferecer a vacina a todos, assim que ela estiver disponível e ter sua eficácia comprovada pela Anvisa, mas que não será obrigatória a população.

Comentários