Mundo

Poliomielite é erradicada na África, anuncia OMS

A organização declarou oficialmente nesta terça-feira (25) que o continente "está isento de poliovírus selvagem", que ocasiona a infecção

diario da manha
Foto: Ben Curtis/AP

A doença conhecida como paralisia infantil, a poliomielite, foi considerada erradicada na África. O anúncio foi feito por videoconferência pela Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta terça-feira (25), em Genebra. A entidade declarou oficialmente que o continente “está isento de poliovírus selvagem”, que ocasiona a infecção.

A erradicação ocorre quatro anos depois do registro dos últimos casos na África, relatados no nordeste da Nigéria. As informações são da agência RFI e foram publicadas pelo G1.

De acordo com a reportagem, participaram da transmissão o diretor-geral da OMS, o etíope Tedros Adhanom Ghebreyesus, a diretora da entidade para o continente africano, Matshidiso Moeti, os filantopos Aliko Cangote e Bill Gates, dentre outros.

Em um comunicado emitido antes da cerimônia a OMS falou do processo de erradicação da doença, conforme o G1. “Graças aos esforços mobilizados por governos, profissionais de saúde e comunidades, mais de 1,8 milhão de crianças foram salvas desta doença”, destacou a organização.

“Uma vitória formidável”, diz doutor da Associação Rotary International sobre erradicação da poliomielite

O doutor do comitê Pólio Nigéria da Associação Rotary International, Tunjui Funshuo, enfatizou as AFP a satisfação sobre o evento, considerado histórico e etapa importante para a erradicação da doença no mundo, conforme a publicação.

“É uma vitória formidável, um alívio”, ressaltou. “Há mais de 30 anos começamos este desafio. Dizer que eu estou feliz é um eufemismo”, avaliou.

Segundo a reportagem, a doença infecciosa e contagiosa é provocada pelo “poliovírus selvagem” (PVS). Ela atinge principalmente as crianças. Ataca a medula espinhal e tem a capacidade de provocar uma paralisação irreversível.

Comentários