Rio Verde

Anunciada Plataforma Multimodal da Norte Sul em Rio Verde

Anúncio foi feito pelo prefeito Paulo do Vale nesta quarta-feira. Complexo será o único em 1,5 mil km de extensão entre Porto Nacional (TO) e Estrela D’Oeste

diario da manha

O prefeito de Rio Verde Paulo do Vale anunciou hoje (11) que o município terá uma plataforma multimodal da Ferrovia Norte-Sul, a única no trecho entre Porto Nacional (TO) e Estrela D’Oeste (SP). A assinatura do contrato com a Rumo S.A., que arrematou o trecho de 1,5 mil km de extensão, acontecerá no próximo dia 19 em Rio Verde com a presença do presidente Jair Bolsonaro e do governador Ronaldo Caiado.
O investimento na construção do Complexo de Rio Verde será de R$ 400 milhões, considerando a instalação completa da infraestrutura e do terminal de grãos. A estrutura deverá entrar em funcionamento em 2021, gerando 1800 empregos diretos. Na construção, serão gerados 1600 empregos.
O prefeito classificou a notícia como a mais impactante para a economia regional desde a chegada da Perdigão a Rio Verde nos anos 1990 e calculou que a plataforma deverá elevar o município do terceiro para o segundo lugar em arrecadação no Estado. “Ficou acordado que 70% da mão de obra será local”, pontuou.
Estrutura
O Complexo de Rio Verde será um grande hub logístico de Goiás. Ele atenderá diversos clientes em diferentes cadeias produtivas, No agronegócio os potenciais clientes serão produtores rurais, cooperativas, indústrias de beneficiamento, usinas de açúcar, tradings e empresas de fertilizantes, que poderão transportar seus produtos tanto para o mercado interno quanto para o externo.
Além disso, a instalação de um complexo de combustíveis dentro do Complexo de Rio Verde permitirá que distribuidoras façam o escoamento para mercados importadores de São Paulo e o recebimento e distribuição de derivados na região. A capacidade de transporte é de 11 milhões de toneladas por ano e movimentará cerca de 1.200 caminhões bitrem por dia.

Comentários