Política & Justiça

Testemunha ocular da História em Goiás

Com mais de 200 mil mortos, além de 30 mil óbitos que poderiam estar subnotificados, nos 5.700 municípios, o Brasil vive uma aguda crise sanitária, diz José Elias Fernandes

diario da manha

Renato Dias

Com mais de 200 mil mortos, além de 30 mil óbitos que poderiam estar subnotificados, nos 5.700 municípios do Brasil, o País vive, hoje, uma aguda crise sanitária, com a Pandemia do Coronavírus Covid 19, a falência do Sistema Único de Saúde, consolidado na Carta Magna  pro­mulgada em 5 de outubro de 1988, sob Ulysses Guimarães, presidente do Congresso Nacional com Poderes Constituintes.  A análise é do ex-prefeito de Aragarças, em duas gestões, ex-presidente da Câmara Municipal de Goiânia, em 1977, ex-deputado estadual por dois manda­tos consecutivos, ex-presidente do Detran [GO], delegado de polícia aposentado, ex- preso po­lítico nos anos de 1972 e 1973, além de advogado, jornalista, escritor, autor de ‘Me­mó­ria Viva da Ditadura em Goiás’, José Elias Fernandes. Uma ‘testemunha ocular’. Da História do Estado.

_ Tempos sombrios.  De escaladas autoritária e conservadora. De regressão de direitos. No Brasil. De 2016 a 2021.

Queda do PIB

O ex – parlamentar informa que o PIB, Produto Interno Bruto, a soma de todas as riquezas produzidas no e pelo Brasil, terá queda acentuada em 2020 e 2021.  O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística [IBGE] aponta a aceleração dos índices oficiais de desemprego com carteira assinada. Dados de 2020: 14,4  milhões de desempregados. Com a volta do Brasil ao Mapa da Pobreza, da ONU, a Organização das Nações Unidas, a miséria extrema atinge 65 milhões de pessoas, nas 27 unidades da federação, pontua. O operador do Direito relata que o corte no auxílio emergencial afetará ainda mais o quadro. Uma tragédia social anunciada, diagnostica. Aos 79 anos de idade, recuperado da Covid 19, está de volta a Goiânia. A Capital fundada em 1933. Por Pedro Ludovico Teixeira. O interventor de Getúlio Vargas. Em Goiás.

_ A violência policial, a ocupação ampla de membros das Forças Armadas da Esplanada dos Ministérios, em Brasília, a tentativa de aparelhamento da PM e da PC nos Estados é alarmante.

Fake News

Jornalista, com passagem pelo Cinco de Março e Diário da Manhã, membro da Associação Goiana de Imprensa, a AGI, anistiado político, integrante da Anigo [Associação dos Anistiados Políticos do Estado de Goias], José Elias Fernandes registra que o atual presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, eleito em um tsunami de Fake News, pisoteia a liberdade de imprensa, estimula atos contra o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal, assim como executa uma Política Externa que fere a imagem do Brasil sob a Globalização. A derrota de Donald Trump e a sua reação de conclamar os seus adeptos a invadirem o Capitólio, com rastros de sangue, fragilizam tanto o Palácio do Itamaraty como a sua verve belicosa, atira.  O ex-vereador de Goiânia acalentou um sonho: ser prefeito de Goiânia. Não conseguiu, porém.

_ Lamentável a morte de Maguito Vilela. Ex-vereador, ex-deputado estadual, ex-deputado federal, ex-governador, ex-senador, ex-vice-presidente do BB e prefeito de Goiânia eleito. Triste.  Trágico.

Comentários