Política & Justiça

Reunião entre o presidente e governadores pode acalmar as relações, diz Guedes

Paulo Guedes espera que seja definido nesta quinta as oposições ao projeto de socorro aos Estados e municípios

diario da manha

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que reunião entre o presidente Jair Bolsonaro e os governadores é a oportunidade de acalmar as relações de colaboração. A reunião por meio de videoconferência acontece na manhã desta quinta-feira (21). “Vamos ver hoje do que somos feitos”, alegou Guedes.

Segundo o ministro, estão enfrentando um momento delicado do país, mas espera que seja definido nesta quinta as oposições ao projeto de socorro aos Estados e municípios. A medida que foi aprovada em 6 de maio pelo Congresso, ainda não foi sancionada pelo presidente.

Guedes afirma que é fundamental que governadores se conectem ao Executivo para garantir que irão contribuir em manter as rejeições que barram reajustes salariais a categorias do funcionalismo público nos três setores.

A princípio, o governo recomendou o congelamento dos salários de servidores públicos que contribuiria com R$ 60 bilhões para o enfrentamento da pandemia do coronavírus. No entanto, no Congresso os parlamentares aprovaram a liberação ao reajuste para categorias definidas.

Após a aprovação do texto pelo Senado federal, por sugestão de Guedes, Bolsonaro afirmou que iria se opor a permissão de reajustes salariais ao funcionalismo.

*Com informações do G1

Comentários