Política & Justiça

Em rede social, prefeito de São Luís de Montes Belos esquece de citar que hospital foi estadualizado

diario da manha

O Hospital Dr. Geraldo Landó, localizado no município de São Luís de Montes Belos, foi estadualizado pelo governador Ronaldo Caiado através da Lei nº 20.769, de 16 de abril de 2020. Diante da pandemia de coronavírus uma das medidas urgentes é regionalizar o atendimento em saúde, já que o transporte do paciente pode custar sua vida.

Apesar da ação do estado para potencializar o Hospital Dr. Geraldo Landó, um texto publicado nas redes sociais ignora a paternidade: “Mais um Sonho realizado, as obras da UTI já foram finalizadas, será a primeira UTI da região, agora aguardamos os equipamentos chegarem para colocarmos a disposição de toda população. Imensamente grato a Deus, pois sabemos a importância pra precisa. Só quem já precisou sabe o que é…”.

Apesar do texto confuso, o prefeito Major Eldecirio não explica que a questão é outra: a estadualização do hospital.

A UTI, por sua vez, recebeu recursos federais, estaduais e municipais. A foto publicada por ele, sim, traz a União, Estado e representantes do município como viabilizadores. Mas ao esquecer de mencionar a estadualização, conta apenas a menor parte da narrativa.

A unidade conta agora com 51 leitos, sendo 11 de UTI. O hospital servirá para atender a Região Oeste 1 e Oeste 2 (Iporá e São Luis de Montes Belos são as sedes destas regiões). Esta será a primeira UTI pública das duas regiões. Servirá de referência para aproximadamente 250 mil pessoas.

A ideia é de que neste primeiro momento será referência de Covid19. Depois será transformado em hospital regional geral para atender urgência, emergência, UTI e apoio diagnóstico laboratorial.

Comentários