Política & Justiça

Mandetta fica no Ministério da Saúde

diario da manha
Foto: Reprodução

Na tarde desta segunda-feira (6/4) a informação era de que o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, poderia ser demitido pelo presidente Jair Messias Bolsonaro (Sem partido), entretanto a exoneração do ministro não ocorreu.

A provável demissão do ministro aconteceria durante a crise do coronavírus, em que o presidente e o ministro tem posições diferentes em relação ao isolamento da população, para evitar o contágio pelo vírus.

Após a informação circular nas redes sociais e nos principais jornais do país, houve diversas reações pelo Brasil, inclusive com panelaços, por uma provável demissão de Mandetta.

Conforme as informações publicadas o ministro deveria ser demitido ainda essa tarde, mas segundo divulgado por outros jornais e portais, a intervenção dos militares do governo foram responsáveis por fazer Bolsonaro mudar de ideia.

A informação da permanência de Mandetta no cargo foi confirmada durante o Brasil Urgente, apresentado por Dantena, por um ministro que participa da reunião com outros membros do Governo Federal.

Comentários