Política & Justiça

Bolsonaro e Doria trocam acusações polêmicas em vídeoconferência

O presidente Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB) se posicionam diante do Brasil

diario da manha

Nesta quarta-feira (25/03), durante uma reunião por videoconferência com governadores da região Sudeste para discutir sobre o enfrentamento do coronavírus. O presidente Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), mediram forças demonstrando opiniões contrárias a respeito do posicionamento e pronunciamento feito pelo presidente.

Bolsonaro tem Participado de reuniões à distância com governadores das cinco regiões do país. Na última segunda-feira (23/03), entrou em contato com autoridades do Norte e do Nordeste. Na terça (24), com os do Sul e do Centro Oeste.

No decorrer da reunião desta quarta, Dória manifestou sua opinião dizendo que Bolsonaro ocupando um posto de líder tem por obrigação dar exemplo nesse momento de crise e relatou não está satisfeito com seu pronunciamento em rede nacional, quando o presidente se manifestou dizendo que o isolamento para evitar o avanço do Covid-19 é uma medida muito rigorosa determinada pelas autoridades sanitárias.

Bolsonaro respondeu. “Dória você se apoderou-se” do seu nome para se eleger governador e que depois “apunhalou pelas costas”, o governo federal.

“O desejo de ser presidente da República ta te cegando. Seu governo não tem credibilidade para fazer críticas ao governo federal, que tem uma postura totalmente diferente dos administradores do passado. Vossa excelência envergonha nosso país”, completou.

*Com informações do G1

Comentários