Política & Justiça

Lula pede ao STF acesso ao acordo entre Odebrecht e MPF

Em julho deste ano, a Justiça Federal de Curitiba vetou o acesso da defesa de Lula ao acordo

diario da manha
Foto: Reprodução

O Supremo Tribunal Federal julga nesta terça-feira (27/08) o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para ter acesso completo ao acordo de leniência firmado entre a Odebrecht e o Ministério Público Federal.

A defesa pede que o processo seja interrompido para ter acesso ao processo e também ao conteúdo dos sistemas Drousys e MyWebDay, usados pela empreiteira para comunicação e organização de pagamento de propinas. Além disso, os advogados do petista querem avaliar a integridade das provas contra Lula.

O pedido do ex-presidente se dá na ação penal em que é acusado de receber supostas propinas de R$ 12,5 milhões da Odebrecht na Operação Lava Jato. O julgamento foi marcado pelo ministro Edson Fachin, relator dos processos da Lava Jato no Supremo, e será feito pela 2ª Turma.

Em julho deste ano, a Justiça Federal de Curitiba entendeu que os advogados do petista já tiveram acesso às informações necessárias e vetou o acesso ao acordo

Com informações do R7

Comentários