Política & Justiça

Unidade do IFG em Uruaçu é ocupada por estudantes contra a PEC 241

diario da manha
Foto: Divulgação/Facebook

Nesta segunda-feira (24/10), estudantes ocuparam a unidade do Instituto Federal de Goiás (IFG) de Uruaçu, no norte do estado. Eles se juntaram ao movimento que acontece em outras unidades do IFG, além de escolas e universidades de pelo menos 15 estados do país e do Distrito Federal.

As ocupações das unidades do IFG acontecem desde a última terça-feira (18/10). Um dos motivos é a proposta de emenda constitucional (PEC) 241, que prevê o congelamento das despesas do governo federal com saúde e educação e que será votada, nesta terça-feira (25/10), na Câmara dos Deputados.

Além de manifestarem contra a PEC 241, os estudantes protestam contra a Reforma do Ensino Médio. Em Goiás, a implantação das OS`s na educação foi acrescentada à pauta das ocupações das unidades do IFG.

Até o momento os estados que registraram escolas ocupadas são: Alagoas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Roraima, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

Universidade Federal de Goiás

Na última sexta-feira (21/10), a Universidade Federal de Goiás (UFG) divulgou uma nota se posicionando a respeito da PEC 241. “As consequências de sua implementação serão desastrosas tanto para a educação quanto para a saúde, a seguridade social, bem como todos os programas sociais que são desenvolvidos no âmbito do Governo Federal”, diz em nota.

A UFG divulgou também o resultado das simulações realizadas pela reitoria da instituição que mostra como estariam os recursos destinados às universidades federais se a medida estivesse em vigor no período de 1999 à 2015. Veja neste link.

Comentários