Política & Justiça

Em cerimônia, Dilma Rousseff comenta sobre o afastamento de Eduardo Cunha

diario da manha
Foto: Reprodução/Youtube

Nesta quinta-feira (5/5), a presidente Dilma Rousseff falou sobre o afastamento do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), durante a cerimônia do início da operação comercial da usina hidrelétrica Belo Monte, no Pará.

“A única coisa que eu lamento, mas eu falo antes tarde do que nunca, é que infelizmente ele conseguiu. Vocês assistiram[…] ele presidindo na cara de pau o processo na Câmara, lamentável processo na Câmara”, afirmou a presidente.

A decisão sobre o afastamento foi do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, que respondeu ao pedido feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em dezembro de 2015. O pedido afirmava que o presidente da Câmara estava atrapalhando as investigações.

Por 11 a 0, a decisão do ministro foi ratificada pelo plenário do Supremo na tarde desta quinta-feira (5/5). Após o anuncio da decisão do STF, o deputado afirmou que respeita a Suprema Corte, mas que irá recorrer, pois segundo ele “há pontos que tem que ser contestados com muita veemência.”

 

Comentários