Águas lindas

PCDF prende servidor público por divulgar pornografia infantil, em Águas Lindas

No decorrer das buscas no apartamento do suspeito, a PCDF localizou materiais referentes à pedofilia, armazenados em um HD externo

diario da manha

Investigadores da Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC), da Polícia Civil do Distrito Federal (PC-DF), prendeu um servidor público federal do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), nesta quinta-feira (12), em Águas Claras, Entorno do Distrito Federal, por divulgar vídeos e fotos envolvendo pornografia infantojuvenil.

A intitulada Operação Coleciona-Dores, contou com o apóio de perítos do Instituto de Criminalística (IC), da PCDF. O servidor foi detido após autorização judicial. Os políciais cumpriram o mandado de busca e apreensão no apartamento do servidor.

Durante o cumprimento, a equipe encontrou na residência materiais relacionados a pedofilia, armazenados em um HD externo.

Segundo o site Metrópoles, o servidor preso tem 49 anos. E diante dos fatos comprobatórios, o suspeito foi encaminhado até a DRCC, para a conclusão das determinações adequadas.

Em razão dos elementos coletados, o suspeito foi levado para a carceragem do Departamento de Polícia Especializada (DPE). Por se tratarem de vítimas crianças e adolescentes, o nome do acusado não foi divulgado.

Comentários