Politica

Exceto Bolsonaro, líderes latinos parabenizam Biden

Bolsonaro ainda não se manifestou oficialmente, nem o ministro das Relações Exteriores, Enersto Araújo, sobre a vitória do democrata

diario da manha

A vitoria do novo presidente dos Estados Unidos, o democrata Joe Biden, foi saudada pela maior parte dos líderes dos principais países da América Latina entre o último sábado (7) e domingo (8).

Com exceção do presidente do Brasil e México, líderes de direita e da esquerda parabenizam o novo mandado de Joe Biden.

Jair Bolsonaro ainda não se manifestou oficialmente, nem o ministro das Relações Exteriores, Enersto Araújo, sobre a vitória do democrata. Ambos desde o início sempre apoiaram publicamente a reeleição do republicano Donald Trump, com quem tinha um bom relacionamento e mesmas ideologias.

Na ausência do presidente Bolsonaro, diversos deputados, entre eles o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, senadores e governadores, os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff e Michel Temer, usaram as redes sociais para parabenizar Biden.

O presidente argentino, Alberto Fernández usou o Twitter para falar sobre o resultado é disse que parabenizava o povo norte-americano ” pelo recorde de participação nas eleições, uma clara expressão da vontade popular”.

Presidente do Uruguai, Luiz Alberto Lacalle Pou, também usou as redes sociais para parabenizar Biden e Harris pela a vitória e ainda afirmou ” trabalharemos para fortalecer as relações entre nossos países para o bem do nosso povo”.

O líder chileno, Sebastián Piñera, ressaltou que ” Chile e Estados Unidos compartilhavam valores como a liberdade, a defesa dos direitos humanos e desafios como a paz e a proteção do meio ambiente “.

O presidente da Colômbia, Iván Duque Márquez, postou em seu Twitter as congratulações para Biden e Harris, destacando o fato de que a senadora será a primeira mulher a ocupar o cargo.

Luiz Arce, mandatário da Bolívia, que toma posse neste domingo, usou as redes sociais pouco antes de assumir oficialmente o cargo para parabenizar Biden.

Até mesmo o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, se manifestou pela a eleição do democrata neste sábado (7), dizendo estar “pronto para o diálogo”.

Comentários