Mundo

Ator é processado, acusado de agressão e assédio sexual

A cantora britânica FKA Twigs entrou com um processo no Tribunal Superior de Los Angeles contra o ator Shia LaBeouf na sexta-feira (11). Ela o acusa de agressão e assédio sexual, conforme o jornal The New York Times. A violência teria ocorrido durante o período em que os dois namoraram em 2019, menos de um ano

diario da manha
Foto: Reprodução/Instagram/FKA twigs, REUTERS/Brendan McDermid/File Photo

A cantora britânica FKA Twigs entrou com um processo no Tribunal Superior de Los Angeles contra o ator Shia LaBeouf na sexta-feira (11). Ela o acusa de agressão e assédio sexual, conforme o jornal The New York Times. A violência teria ocorrido durante o período em que os dois namoraram em 2019, menos de um ano. As informações são do G1.

De acordo com a reportagem, os momentos de agressão incluem enforcamento da ex. Além disso, ela também relata momentos de perigo ao lado do ator. LaBeouf teria dirigido “de forma imprudente, removendo o cinto de segurança e ameaçando bater se ela não declarasse seu amor por ele”. 

“Quando a cantora saiu do carro, “LaBeouf a seguiu, agrediu e jogou-a contra o carro enquanto gritava com ela. Depois, obrigou-a a entrar novamente no automóvel”, destacou o jornal.

Conforme o G1, o ator respondeu ao jornal que não iria se justificar, mas que tem vergonha da história e de ter magoado pessoas próximas. “Não tenho desculpas para o meu alcoolismo ou agressividade, apenas racionalizações. Tenho sido abusivo comigo mesmo e com todos ao meu redor por anos. Tenho um histórico de ferir as pessoas mais próximas de mim. Tenho vergonha dessa história e sinto muito por aqueles que magoei. Não há mais nada que eu possa dizer”, afirmou.

A cantora também descreveu que o ator, intérprete de Sam Witwicky em “Transformers”, lhe transmitiu uma DST de forma consciente. O jornal trouxe falas de outra ex-namorada do artista, a estilista Karolyn Pho. Ela também contou experiências de violência que passou com ele.

Comentários