justiça

Ex-enteados confessam que foram torturados por Dr. Jairinho

Segundo os depoimentos as crianças eram violentadas frequentemente

diario da manha
Foto/reprodução

Os filhos da ex-namorada do vereador prestaram nessa semana depoimentos as quais relataram as rotinas de violência sofridas. As crianças relataram que eram violentados pelo político, com pisoteio e panos dentro da boca, além de ter suas cabeças batidas na parede.

As investigações se iniciaram a pedido do delegado Henrique Damasceno, titular da 16ª Delegacia de Polícia da Barra de Tijuca. As informações são do jornal Extra .

De acordo com os ex-enteados, nos relatos a delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV) no Rio de janeiro. Esses situações acontecia com frequência. Dr. jairinho batia a cabeça delas contra a parede de um box ou pisava encima das crianças, enquanto a boca era tapada com pano e papel.

O relacionamento do vereador com a cabelereira, mãe das crianças, durou quatros anos, de 2010 a 2014. A avó da garota também prestou depoimento e relatou que, quando Jairinho foi questionado sobre os machucados na testa da neta, o vereador disse que a criança havia batido a cabeça após uma freada brusca de carro.

Leia também

Comentários