justiça

Caso Henry: novos depoimentos apontam relacionamento conturbado

"Quebra, pode quebrar tudo mesmo. Você já está acostumado a fazer isso" - ressalta Monique em uma discursão

diario da manha
Foto/reprodução

Em novos depoimentos feito nessa semana para a 16ª DP da Barra da Tijuca no RJ, revelaram um namoro conturbado entre Monique Medeiros e o veador Jairinho. Eles foram presos no dia 8 de abril por atrapalhar as investigações e ameaçar testemunhas, além de serem os principais suspeitos do assassinato de Henry.

As investigações do assassinato do menino Henry também desvendaram detalhes do relacionamento entre o casal. Os depoimentos de testemunhas revelaram um namoro conturbado marcado por brigas, discussões, saídas de casa, reconciliações, e desentendimentos entre o casal, após Henry relatar ter sido agredido pelo vereador um mês antes do crime.

No depoimento da babá Thayná de Oliveira Ferreira, na última terça-feira (13), trouxe novos detalhes sobre a rotina do casal que se desentendia com frequência. Segundo a babá, após o padrasto agredir pela primeira a vez o menino, Monique deixou o imóvel onde morava, levando os pertences dela e do filho. Porém um dia depois, a própria babá viu nas redes sociais que, a mãe de Henry havia postado uma foto carinhosamente ao lado de Jairinho. O que causou estranheza.

Para a babá era comum vê-los com malas prontas para sair de casa, como se estivessem rompendo o relacionamento. E que segundo ela, eles brigavam com frequência em discussões que costumavam ocorrer a portas fechadas no apartamento. Mas ao deixar o quarto já estavam trocando beijos e abraços. Em meio a isso tudo, estava Henry de apenas 4 anos, alvo de ao menos três casos de agressões cometidas por Jairinho. Segundo a babá, os ataques ao menino sempre ocorriam quando Monique não estava em casa.

Em uma das ocasiões Monique estava no salão e em uma chamada de vídeo conversou com o filho. Uma cabeleireira do local prestou depoimento sobre o ocorrido naquele dia, e disse ter presenciado a conversa dela com o filho. Monique pergunta ao menino o que teria acontecido e ela escuta henry dizer: “O tio disse que eu te atrapalho”. Segundo a cabelereira, pouco tempo depois, viu Monique discutindo ao telefone. Ao que parece ser, Jairinho na linha.

“Você nunca mais fale que meu filho me atrapalha porque ele não me atrapalha em nada”.

No depoimento a profissional conta que Monique gritava no telefone, e que todos no local ouviam. Ela ainda acrescentou ter escutada a professora dizer: “Você não vai mandar ela embora, porque se ela for embora, eu vou junto. Porque ela cuida muito bem do meu filho, ela não fez fofoca nenhuma, quem me contou foi ele”. Exaltada, Monique ainda disse: “Quebra, pode quebrar tudo mesmo. Você já está acostumado a fazer isso”

Leia Também:

Comentários