Internacional

Empresa belga produz máscaras com parte do rosto estampada

A ideia surgiu após sua antiga empresa ir à lona após o isolamento causado pela Covid-19

diario da manha

Um empresário belga revolveu humanizar, literalmente, as máscaras utilizadas no combate contra a disseminação da covid-19. Consideradas como item essencial diário, o empresário decidiu produzir máscaras que têm a parte inferior do usuário impressa nelas.

Charles de Bellefroid produz as máscaras utilizando uma cabine de fotos, software e um aplicativo para celulares. Segundo ele, a ideia surgiu após sua antiga empresa, de organização de eventos, ir à lona após o isolamento causado pela Covid-19.

Virgine Thys, moradora de Genval, próximo a Bruxelas, afirma que este novo modelo faz com que a máscara se torne mais afetiva. “Uma máscara é impessoal. Aqui, tendo nossos rostos impressos, é mais amigável, é mais divertida”. “Agora mesmo, estamos todos usando máscaras e sabemos com quem estamos falando. É uma grande ideia”, completou.

Após realizar o pedido, o cliente recebe um link para baixar um aplicativo que possibilita tirar uma foto de seus rostos e encaminhar para a empresa. A máscara é enviada pelos correios alguns dias depois com a parte inferior do rosto da pessoa impressa. Custa 19,99 euros e pode ser lavada de oito a dez vezes, explica Bellefroid.

*Com informações do G1

Comentários