Esportes

Técnico do Vila Nova acredita que fator emocional pode ser determinante em decisão

Na primeira partida empate em 1 a 1, quem vencer conquista a vaga na decisão e novo empate leva a disputa para os pênaltis

diario da manha
Foto: Núbia Alves/VNFC

Vila Nova e Aparecidense se enfrentam no domingo, 9, pelo segundo jogo das semifinais do Goianão 2021. No primeiro duelo que vale vaga na final, empate em 1 a 1 entre as equipes. E para o técnico do Vila Nova, Wagner Lopes, a parte emocional também será de grande importância no duelo que vai ser disputado no Aníbal Batista de Toledo no domingo do Dia das Mães a partir das 16h.

O confronto vai definir o primeiro classificado para a final do estadual desta temporada, e segundo o técnico colorado a parte emocional vai poder ajudar bastante.

“Um emocional forte vai auxiliar para não perder o equilíbrio dentro da partida. Acredito que a arbitragem e jogadores vão se concentrar apenas no futebol. Pois há detalhes que fazem diferença em jogos decisivos e quem estiver mais focado vai aproveitar as oportunidades e esperamos que seja o Vila”, declara o comandante colorado.

Para o jogo de domingo, Wagner Lopes não vai contar com o zagueiro Saimon, que cumpre suspensão automática, após ser expulso no jogo de ida entre as equipes. Vale ressaltar que o Vila Nova busca voltar a chegar a uma final de campeonato estadual depois de cinco anos.

*Com informações do GE

Leia também:

Comentários