Esportes

Conmebol define Montevidéu como palco das finais da Libertadores e Sul-Americana em 2021

Estádio Centenário não estava na lista inicial de candidatos para sediar as finais; Brasil sediará a decisão da Sul-Americana em 2022

diario da manha
Estádio Centenário receberá finais da Libertadores e Sul-Americana (Foto: Reprodução/Twitter AUF)

O Conselho da Conmebol definiu em reunião nesta quinta-feira (13) que o Estádio Centenário, em Montevidéu, será o palco das finais da Libertadores e da Copa Sul-Americana em 2021. A final da Libertadores está prevista para o dia 20 de novembro, ainda sem horário definido, enquanto a decisão da Sul-Americana acontece duas semanas antes, no dia 6 do mesmo mês.

A entidade também decidiu que o Equador receberá a final da Libertadores e o Brasil receberá a da Sul-Americana em 2022. O Estádio Monumental de Guayaquil e o Mané Garrincha, em Brasília, serão as casas das decisões das principais competições de clubes na América do Sul na próxima temporada.

O estádio uruguaio sequer estava na lista dos candidatos a receber as decisões, divulgado pela própria Conmebol em fevereiro. Porém, a situação mudou depois que o governo do Uruguai foi intermediário na obtenção das 50 mil doses da vacina contra a Covid-19 do laboratório chinês Sinovac. As doses estão sendo utilizadas para vacinar os clubes que jogam a Libertadores e a Sul-Americana e o Atlético-GO é uma das equipes vacinadas.

Lista dos estádios que poderiam receber as finais da Libertadores e Sul-Americana até 2023 (Foto: Reprodução/Conmebol)

Outro fator que pesou para que o Uruguai fosse escolhido como a sede das finais em 2021 foi o ritmo de vacinação no país, o mais alto de todos os países do continente. O governo local garantiu à Conmebol que conseguirá fazer com que as partidas tenha público. Até o dia 12 de maio, 36% da população uruguaia já havia tomado pelo menos a primeira dose de algum dos três imunizantes que o país está aplicando.

Representantes da Associação Uruguaia de Futebol (AUF) prometeram um investimento milionário para modernizações no estádio. O governo do Uruguai já se demonstrava otimista com a escolha do país como sede. Os uruguaios tem um projeto para se candidatar como sede da Copa do Mundo de 2030 – o país recebeu a primeira edição do torneio, em 1930.

O Estádio Centenário receberá pela oitava vez uma final de Libertadores e será a primeira desde 1988, ano em que o Nacional, último campeão uruguaio da competição, foi campeão.

Comentários