Esportes

Goiás encara Bragantino pela sobrevivência na Série A

Esmeraldino precisa da vitória a todo custo para manter vivas as chances de permanência na primeira divisão

diario da manha
Esmeraldino vem de vitória contra o Botafogo (Foto: Robson Mafra/AGIF)

O Goiás recebe o Red Bull Bragantino no Estádio da Serrinha no domingo (21) às 20h30 para jogar a vida na Série A. A luta pelo rebaixamento tem duas vagas para quatro times: Goiás, Vasco, Bahia e, correndo por fora, Fortaleza. Os goianos estão em 18º, com 36 pontos; os cariocas uma posição acima e com um ponto a mais; os baianos são os primeiros fora do Z-4, com 38 pontos e os cearenses estão em 15º, com 41 pontos conquistados.

Para continuar com chances de se salvar, o Goiás precisa vencer os paulistas e torcer por um tropeço do Vasco, que enfrenta o Corinthians fora de casa no domingo, às 16h. Na última rodada, goianos e cariocas fazem confronto direto no Rio de Janeiro para decidir quem fica na primeira divisão.

Vale lembrar que existe a possibilidade de que ambas as equipes sejam rebaixadas. Para que isso aconteça, o Bahia precisa empatar seus próximos dois encontros (com Fortaleza e Santos) e que Vasco e Goiás perca uma das duas partidas finais. 

Mesmo com uma probabilidade menor, o Fortaleza também tem chance de cair. O Leão do Pici será rebaixado caso o Vasco vença o Corinthians e seja derrotado pelo Goiás na rodada final, que por sua vez necessita conquistar os três pontos sobre o Bragantino. Um empate nos últimos dois compromissos também rebaixa as duas equipes.

Glauber Ramos já sabe que poderá não contar com Fernandão e David Duarte. O atacante, que havia se machucado na vitória contra o Botafogo, chegou a treinar normalmente com o resto da equipe, mas sentiu a lesão no pé e voltou a ser dúvida. Já o zagueiro, que se recupera de lesão no joelho, já está em fase de transição, mas esteve fora das atividades da semana.

 O treinador do Esmeraldino pode repetir o 3-5-2 que usou na vitória contra o Alvinegro Carioca, com Iago Mendonça de titular. Dessa forma, o Goiás pode ir a campo com Marcelo Rangel; Shaylon (Taylon), Iago Mendonça, Fábio Sanchez, Heron, Jefferson; Breno, Miguel Figueira, Henrique Lordelo (Índio), Rafael Moura (Fernandão) e Vinícius Lopes.

Por outro lado, o Red Bull Bragantino está muito bem na competição. A equipe que chegou a ser a vice-lanterna do torneio hoje está em 11º, com 49 pontos e já classificada para a Copa Sul-Americana, primeiro torneio internacional a se disputar com a nova identidade, mas quer mais. A apenas quatro pontos do G-8, o time de Maurício Barbieri sonha com uma vaga na Libertadores.

O Massa Bruta não contará com uma peça importante nas duas partidas finais da competição: Bruno Tubarão está fora depois de sofrer uma lesão no tornozelo na última partida contra o Sport. O meia já passou por cirurgia e não tem previsão de volta. Helinho e Artur, que se recuperam de lesão muscular, podem ser opção.

O Bragantino pode ir a campo em Goiânia com Cleiton; Aderlan, Fabrício Bruno, Ligger, Luan Cândido; Raul, Ramires (Ricardo Ryller), Lucas Evangelista (Vitinho), Claudinho, Cuello; Ytalo.

Comentários