Esportes

Adson Batista celebra classificação à Sul-Americana e vê Atlético-GO pronto para o torneio

Dragão conquistou a vaga para a competição pela segunda vez e pode bater o próprio recorde de pontuação no Brasileirão

diario da manha
Presidente do Atlético-GO celebrou a volta da equipe a uma competição internacional depois de nove anos (Foto: Heber Gomes/ACG)

Promovido à Série A em 2019, o Atlético-GO superou as expectativas de muitos que acreditavam que a equipe estaria fadada ao rebaixamento. O Dragão, com  cinco rodadas de antecedência, garantiu a permanência na primeira divisão e agora, com dois jogos a menos, se classificou à Copa Sul-Americana. A equipe ainda pode bater o próprio recorde de pontos na Série A – 48 pontos, em 2011. Para isso, basta vencer um dos dois confrontos, contra Palmeiras e Coritiba.

Adson Batista, presidente do Atlético-GO, comemorou o feito em entrevista à Rede Sagres:

É um momento importantíssimo, a gente buscando espaço no futebol brasileiro e agora internacional. Isso vai fazendo o Atlético-GO um clube cada vez mais respeitado e que caminha de maneira segura para se tornar uma referência na nossa região. É muito gratificante, aumenta nossa responsabilidade. O formato dessa competição mudou, são vários jogos e isso traz uma condição de buscarmos uma classificação

A Sul-Americana de 2021 estreará um novo formato. A partir desta nova temporada, a competição seguirá os moldes da Libertadores, com fase de grupos e partidas de ida e volta nesta fase. É previsto que a equipe embolse quase cinco milhões de reais, já que cada equipe recebe pelo menos 300 mil dólares por partida como mandante (algo em torno de R$ 1,7 milhões).

Porém, os gastos de viagem e hospedagem ficam a cargo de cada clube. Para o presidente, o importante é a exposição que a marca do Atlético-GO terá internacionalmente e a experiência que gerará para o clube.

Adson também comentou o fato de ver o Dragão preparado para os desafios internacionais

– [O Atlético-GO] cresceu muito, evoluiu muito na sua estrutura e na sua experiência também. Hoje nos sentimos muito mais preparados para disputar essa competição, ainda mais que ela não é eliminatória, é por grupos e você tem a oportunidade de fazer vários jogos, trazendo uma confiança muito maior – comentou o mandatário.

Comentários