Esportes

Atlético Goianiense derrota o Goiás e confirma a liderança do Goianão 2020

diario da manha
Dragão leva a melhor no clássico e garante primeira posição geral (Foto: Rosiron Rodrigues/Goiás E.C.)

Atlético Goianiense venceu o Goiás pelo placar de 1 a 0, nesta quarta (13), no Estádio da Serrinha, em jogo pela 11ª rodada do Campeonato Goiano 2020. O gol do time rubro-negro foi de Matheus Vagas no segundo tempo.

O Goianão 2020 estava paralisado desde março do ano passado, por causa da pandemia. Ainda faltam duas rodadas da fase de grupos, semi e final que serão feitas em jogos únicos.

Com o resultado o Dragão está na primeira colocação do campeonato com 26 pontos, enquanto o Verdão está com 19 pontos e ocupa a terceira posição.

Primeiro tempo

O jogo começou com o Verdão partindo para cima do adversário, mas o Dragão evita e fica trocando passes no campo de defesa. Mas 8 minutos, Vanderley e expulso por agressão fora de lance, deixando o time esmeraldino com um jogador a menos.

O time rubro-negro partiu para cima, aproveitando sua vantagem numérica. Aos 11 minutos, Victor quase abre ao placar mais acaba cabeceando para fora. Aos 17, Chico joga a bola rente à trave, após cobrança de falta.

Mesmo com um jogador a menos o Esmeraldino se organiza na ofensiva e passou a fazer um macacão forte. E quase abre o placar no final da primeira etapa, com Vinícius, que recebeu um passe dentro da área e batendo cruzado de primeira, mas a bola passa raspando na trave. Terminando o primeiro tempo empatado em 0 a 0.

Atlético segue líder

O segundo tempo começou com o Dragão indo para cima e aos 2 minutos, Arnaldo cruzou na grande área e Vitor Leque toca na bola, mas acaba passando por cima do gol do Goiás.

Aos 20, de fora da área Daniel de Pauli chutou para o gol e a bola acabou sendo desviada por Vinícius, empatando o jogo, mas o bandeirinha pegou posição de impedimento do atacante e anulando a jogada.

Aos 30 minutos o Dragão abre o placar com Matheus Vargas, após receber um cruzamento rasteiro de Nicolas e desviar para dentro do gol, 1 a 0.

Ao completar 71 minutos de tempo corrido, a partida foi paralisada para homenagear as mortes de Tia Fia, torcedora símbolo do Goiás e Maguito Vilela, prefeito eleito de Goiânia, que morreram aos 71 anos.

Após a homenagem o time rubro-negro teve o atacante Zé Roberto expulso pelo segundo cartão amarelo. Ainda teve um principio de confusão entre os dois times, mas o árbitro conseguiu controlar.

Nos acréscimos quase o Dragão faz o segundo com Wellington Rato que saiu lançado ficando cara a cara com o goleiro Marcelo Rangel, que conseguiu desviar a bola nas pontas dos dedos evitando o segundo do Rubro-Negro. Terminado a partida com a vitória do Atlético.

Na próxima rodada, dia 27 de janeiro, o time esmeraldino enfrenta o Goianésia, no Valdeir José de Oliveira.  O Dragão visita o Crac no Genervino da Fonseca.

Escalações:

Goiás: Marcelo Rangel; Vidal, Iago Mendonça, Chico, Rodrigues; Miguel Figueira, Gustavo Blanco, Índio; Daniel di Pauli, Marinho, Vinícius Lopes.

Técnico: Glauber Ramos

Atlético: Kozlinski; Arnaldo, João Victor, Gilvan, Nicolas; Willian Maranhão, Rithely; Marlon Freitas, Chico, Janderson, Vitor Leque.

Técnico: Marcelo Cabo

Árbitro: Jefferson Ferreira

Cartão amarelo: Goiás: Chico. Atlético: Marlon Freitas, Matheus Vargas

Cartão vermelho: Goiás: Vanderley. Atlético: Zé Roberto.

Comentários