Esportes

Anápolis Vôlei estreia na Superliga B contra Vila Nova

Lobo Guará não disputou as duas primeiras partidas da competição por conta de um surto de Covid-19 no elenco

diario da manha
Equipe busca este ano o acesso que escapou na última temporada (Foto: Prefeitura de Anápolis)

O Anápolis Vôlei entra em quadra pela primeira vez na Superliga B 2021 para enfrentar o Vila Nova neste sábado (29) às 17h no Ginásio Newton Faria, em Anápolis. O Lobo Guará teve os dois primeiros compromissos da competição, contra Niterói Vôlei Clube e Smel Araucária/Aspma/Berneck, adiados por conta de um surto de Covid-19 que atingiu o elenco. Ao todo, 13 pessoas foram infectadas, sendo dez jogadores e três membros da comissão técnica. 

Foram eles os levantadores Everaldo e Dionata, os opostos William e João Vítor, os centrais Vini, Elias e João, os ponteiros Hugo e Henrique e o líbero Lukinhas, além do assistente técnico Hítalo Machado, do fisioterapeuta Arisson Ribeiro e do preparador físico Gustavo Teixeira.

Segundo Vinícius Oliveira, gerente do Anápolis Vôlei, todos tiveram sintomas leves, cumpriram o período de isolamento, se recuperaram e estão disponíveis para o jogo deste sábado. Para o gerente, devido ao tempo curto, a equipe não teve tempo hábil para fazer uma preparação adequada para a competição.

– Não tivemos o tempo que consideramos necessário. Começamos a treinar no dia 9 de dezembro, paramos no dia 23 e veio o surto. Só nessa semana que começamos a treinar com toda equipe, então o entrosamento e o ritmo de jogo vai vir durante a competição. 

A equipe anapolina espera repetir a boa campanha que fez em 2020 e, dessa vez, conseguir o acesso. O time foi o que mais venceu na primeira fase da competição (venceu seis das sete partidas), mas acabou perdendo pontos preciosos pela quantidade de tie-breaks disputados (cinco ao todo). A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) decidiu encerrar o campeonato antes do fim e declarar os dois primeiros colocados da primeira fase, Guarulhos e Uberlândia, classificados para a Superliga A. Na terceira colocação, o Lobo Guará não conseguiu o acesso. 

Na ocasião, o clube foi um dos três contrários ao cancelamento do campeonato, ao lado de JF Vôlei e Brasília Vôlei/Upis. Hoje, Vinícius pondera que a decisão de encerrar a competição foi a mais acertada.

– Os times têm um orçamento definido, então quando se estende a competição precisa-se manter o elenco, o que comprometeria todas as equipes. Em segundo lugar, ninguém imaginaria que a pandemia durasse tanto, então ficaria impossível manter uma equipe por tanto tempo, tanto pelo risco de contágio quanto pela questão financeira.

As duas partidas adiadas foram remarcadas para fevereiro. O duelo com o Niterói, em casa, será no dia 03 e o contra o Araucária, fora de casa, no Ginásio Rodrigo Pereira Gomes, será no dia 25.

tags:

Comentários