Esportes

Abaixo assinado pede exclusão do piloto Nikita Mazepin da F-1 após vídeo de assédio

Nas imagens o piloto aparece fazendo uma viagem em um carro e apalpando uma mulher

diario da manha
Foto: Reprodução

O piloto de Fórmula 1 (F-1)da equipe Haas, Nikita Mazepin, apareceu em um vídeo recentemente no qual assediava uma mulher. As imagens mostram o momento que o piloto filma uma mulher sendo apalpada por ele, enquanto viajavam dentro de um veículo. A escuderia na qual o piloto trabalha se posicionou sobre o caso na manhã desta quarta-feira (9).

O vídeo que inclusive foi postado em uma rede social do piloto já foi deletado. No comunicado emitido pela equipe, que assinou com o piloto para a próxima temporada, a Haas condenou a atitude de Mazepin, e diz que está tratado o assunto internamente.

No comunicado a escuderia afirma que não tolera esse tipo de comportamento, e que o vídeo postado nas redes sociais é repugnante para a equipe.

Nikita Mazepin também se pronunciou e pediu desculpa pelo “comportamento inadequado”

Além da Haas, o piloto também soltou uma nota, na qual admite o ato e pede desculpas pelo “comportamento inadequado”. O piloto também lamentou o constrangimento que causou a sua equipe.

Após a repercussão do caso, principalmente nas redes sociais, que criticam a atitude de Nikita Mazepin, há também um abaixo-assinado que pede a exclusão do piloto da categoria. O pedido é feito com base no Anexo B do Código Esportivo Internacional da Federação Internacional de Automobilismo (FIA).

*Com informações do Terra

Comentários