Esportes

Corinthians x Palmeiras empatam sem gols no jogo de ida da final do Paulistão 2020

Jogo de volta está marcado para o próximo sábado no Allianz Arena

diario da manha

Corinthians e Palmeiras entraram em campo na noite desta quarta-feira (5/8) em Itaquera, pela primeira partida da final do Paulistão 2020. E dentro de campo o que vimos foi um confronto bem diferente daquele do retorno do campeonato no dia 22 de julho e inclusive com o goleiro Weverton do Palmeiras sendo o grande destaque da partida.

O jogo:

Nos primeiros cinco minutos um jogo até certo ponto estudado pelas duas equipes, mas a grande jogada do Palmeiras foi feita após a equipe do Palmeiras ganhar a disputa de bola no meio de campo, Luiz Adriano saiu na frente e tocou de calcanhar para o meia Ramires, que tentou devolver para o companheiro, que parou reclamando de falta.

Pouco tempo depois foi a vez do Corinthians chegar, após bola trabalhada bem na entrada da área, a bola ficou com o atacante Jô, que aproveitou para abrir o espaço e bater para a defesa em dois tempo do goleiro Weverton.

Aos 10′ da primeira etapa, o meia Zé Rafael recebeu na entrada da área, e acabou sendo derrubado por Éderson, o árbitro Rafael Klaus marcou, os dois garotos da base Gabriel Menino e Patrick de Paula discutiram quem iria para a cobrança, por fim Patrick cobrou, mas a bola ficou na marcação.

O Corinthians voltou a chegar aos 18′ do etapa inicial, após disputa de bola, Luan tentou trabalhar com Jô, que fez o passe para Éderson, que por sua vez encontrou Fágner pela ponta direita, na sequência o lateral fez o drible e inclusive dando uma caneta no adversário, mas acabou deixando a bola sair pela linha de fundo na sequência.

A chance mais clara de gol no primeiro tempo foi aos 27′ do primeiro tempo, Luan recebeu na intermediária e lançou Ramiro que fez a infiltração, e saiu na cara do gol, mas o chute saiu fraco e ficou fácil para a defesa do goleiro Weverton.

Weverton apareceu para salvar o Palmeira em mais uma grande chance do Corinthians, Luan recebeu e cruzou tentando encontrar Jô na grande área, o zagueiro Luan do Palmeiras atrapalhou o atacante do time comandando por Tiago Nunes, a bola sobrou com Mateus Vital que arriscou no cantinho de Weverton que foi buscar para fazer a defesa e colocar a bola para escanteio.

O Palmeiras respondeu na sequência, primeiro com Luiz Adriano, que acabou perdendo a disputa de bola antes de invadir a área, no meio campo, Ramires ganhou e lançou Rony que acelerou e tentou o cruzamento, mas a defesa do Corinthians apareceu para colocar a bola para escanteio.

Antes do fim do primeiro tempo o atacante Rony e o meia-atacante Mateus Vital, brigaram pela bola, mas acabaram trocando empurrões. O árbitro Rafael Klaus por sua vez aplicou o cartão amarelo para os dois atletas.

Na melhor chance do Palmeiras, após cobrança de lateral, o atacante Luiz Adriano recebeu na ponta e fez o cruzamento para Ramires dentro da área, que arriscou, mas a bola foi por cima do gol defendido pelo goleiro Cássio.

Palmeiras apertou a marcação, não deixou o Corinthians, mas gol que é bom não teve

Com duas mudanças no intervalo, o Palmeiras voltou melhor, e nos primeiros minutos chegou com chance com o atacante Rony, que invadiu a área, mas o lateral Carlos Augusto chegou na marcação para cortar para o escanteio.

O Corinthians ficou por sete minutos preso na defesa, pois o Palmeiras adiantou a marcação e não deixava o time adversário construir a jogada. Na sequência a equipe comandada por Tiago Nunes conseguiu sair pela primeira vez, mas quando chegou a defesa do time de Luxemburgo afastou.

Aos 20′ da etapa final o Palmeiras trabalhou a bola pela ponta direita, até ficar com o atacante Rony que fez o cruzamento para dentro da área, mas a bola ficou fácil para a defesa do goleiro Cássio.

O Palmeiras apertou a marcação e o Corinthians saiu errado, o atacante Rony aproveitou e ia ganhando a bola do zagueiro Danilo Avelar, na sequência ficou com o atacante Wilian que tentou dar um chapéu no defensor do Corinthians, mas Danilo Avelar tocou com o braço na bola, e o árbitro da partida marcou a falta.

Bruno Henrique foi para a cobrança da falta na entrada da área aos 25′ da etapa final, e bateu no canto do goleiro Cássio, que defendeu e colocou a bola para a lateral.

O primeiro chute do Corinthians para o gol na etapa final, foi após as duas alterações feitas pelo Tiago Nunes, e na primeira chance Cantillo que voltou a jogar nesta quarta-feira, arriscou de fora, mas a bola bateu no atacante Jô e na defesa adversária.

Aos 40 da etapa complementar, Gustavo Scarpa recebeu dentro da área e tentou o cruzamento para quem vinha de trás, mas a defesa do Corinthians apareceu para afastar o perigo.

Com o empate sem gols entre os dois times, a decisão ficou mesmo para o próximo sábado (8/8) em partida que vai ser disputada no Allianz Parque e quem vencer fica com o título. Em caso de empate a decisão da temporada 2020 vai ser definida nas cobranças de pênaltis.

Escalação Corinthians x Palmeiras:

Corinthians: 12 – Cássio, 23 – Fágner, 4 – Gil, 35 – Danilo Avelar, 30 – Carlos Augusto, 5 – Gabriel, 15 – Éderson (24 – Cantillo), 8 – Ramiro, 7 – Luan (21 – Araos), 22 – Mateus Vital (18 – Leo Natel) e 77 – Jô.

Técnico: Tiago Nunes

Palmeiras: 1 – Weverton, 2 – Marcos Rocha, 13 – Luan, 15 – Gustavo Gómez, 17 – Viña, 5 – Patrick de Paula, 18 – Ramires – (19 – Bruno Henrique), 25 – Gabriel Menino (23 – Raphael Veiga), 8 – Zé Rafael (14 – Gustavo Scarpa), 10 – Luiz Adriano – (29 – Wilian Bigode) e 11 – Rony (38 – Angulo)

Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Arbitragem:

Árbitro: Raphael Claus (SP); Neuza Inês Back, Daniel Paulo Ziolli.

Árbitro de vídeo: Anderson José de Moraes Coelho.

Cartões Amarelos: Palmeiras: Rony Corinthians: Mateus Vital, Jô e Ramiro

Comentários