Esportes

'Eu mato ela' disse Dana White o UFC quer criar uma categoria exclusiva para lutadora

O presidente não conseguiu esconder sua reação de insatisfação diante da declaração da atleta. Ele rebate, ela se aposentar não é incrível, mas isso me deixa louco, diante da realidade

diario da manha

O presidente do UFC, Dana White, ficou surpreso diante de um pronunciamento de Amanda Nunes em entrevista ao Esporte Espetacular onde pressupõe uma breve aposentadoria. O comunicado exclusivo aconteceu durante um poscast “The Schmozone Podcast”, e não conseguiu esconder sua reação, de espanto, considerando o momento em que a organização planeja da visibilidade a campeã de duas categorias diferentes de peso.

– Ela não pode me abandonar agora! (…) Eu acabei de comunicar ao Sean (Shelby) e Mick (Maynard, matchmakers do UFC) na última reunião: o desejo de criar uma nova divisão (peso-pena) exclusivamente para ela. Vamos criar esta divisão para ela e vamos escolher a dedo (quem vai enfrentá-la). E de repente surge essa declaração de aposentadoria? – respondeu White, segundo transcrição do site “MMA Junkie”.

É bastante incomum Dana White se contrapor à aposentadoria de um lutador. Uma frase que o dirigente defendeu diversas vezes nos últimos anos diz “se um lutador está pensando em parar, ele deveria parar”. Recentemente, o presidente vem acompanhando vários astros expondo o mesmo desejo de se aposentar oportunizando uma renegociação de contrato – caso de Jon Jones, Conor McGregor e Henry Cejudo.

*Com informações Globoesporte

Comentários