Esportes

Cheerleaders nos JUGs 2020

Nova modalidade já é praticada em Goiás

diario da manha

Quem assiste a filmes ou acompanha jogos de futebol e basquete estadunidenses já acompanhou a apresentação de um grupo fazendo acrobacias e coreografias para animar o público durante os jogos e os intervalos. Esses grupos são os cheerleaders ou líderes de torcida.

Essa modalidade é uma novidade na 56ª edição dos Jogos Universitários de Goiás (JUGs), que será realizado em Goiatuba entre os dias 17 e 21 de abril. A prática deste esporte entrou nas disputas dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) no ano passado.

Para competir nos JUGs, a equipe deve ser formada por seis integrantes e ter no mínimo um participante do sexo masculino. Cada apresentação dura dois minutos e meio.

E Goiás já tem um grupo de destaque. A Universidade Federal de Goiás (UFG) desenvolve um projeto de extensão para divulgar o esporte que é pouco difundido no Brasil. Hoje, a universidade conta com duas equipes – uma para iniciantes e outra para competição, que em 2019, conquistou o bronze no JUBs e, em 2018, foi campeão brasileiro universitário.

A estudante de educação física da UFG, Ellen Gomes, é monitora do projeto e é uma das responsáveis pela implantação do mesmo. “Fiz um intercâmbio para a Nova Zelândia e vivenciei o esporte. Quando entrei na universidade pedi para desenvolvê-lo em terras goianas”, explica.

Ellen conta que era atleta de ginástica artística e se apaixonou pelo cheerleaders ou “cheer”, como é chamado pelos atletaspor ser uma modalidadecoletiva que permite a socialização entre as pessoas. “Devido a proximidade, os praticantes desenvolvem vínculos uns com os outros. Além disso, é um esporte acessível e livre de estereótipos, qualquer um pode fazer”, explica. E para desenvolver a prática, Ellen desenvolve workshop nas universidades goianas.

A rotina de treinamentos é pesada. No ano passado além da musculação, os integrantes se reuniam quatro vezes por semana para desenvolver a coreografia.

cheer

A modalidade é caracterizada por uma série de habilidades que incluem levantamentos, acrobacias, saltos, dança e pirâmides – todos obrigatórios nas apresentações. No Brasil, existem três tipos de campeonatos: universitários, estaduais e nacional.

Os Jogos

Os Jogos são realizados pela Federação Goiana de Desportos Universitários (FGDU) em parceria com a UniCerrado, com apoio da Prefeitura de Goiatuba, Superbolla, da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) e da Câmara Municipal de Goiatuba.

Entre os dias 17 e 21 de abril serão disputados os jogos de basquete, futsal, futevôlei, handebol, rugby, vôlei, vôlei de praia, natação, basquete 3 X 3, acadêmico, fisiculturismo e baterias.

Comentários