Esportes

Atlético goleia Goiânia pelo Goianão 2020

Com a goleada dragão assume a liderança do Campeonato

diario da manha

Goiânia e Atlético Goianiense entraram em campo pela segunda rodada do Goianão 2020, e fizeram o primeiro clássico da competição, e o dragão não tomou conhecimento do adversário e goleou o galo pelo placar de 5 a 0.

O galo conseguiu chegar por duas oportunidades, na segunda delas, o time do Goiânia aproveitou uma falha da defesa do Atlético Goianiense, e após a cobrança de escanteio carimbou o travessão.

Na sequência o time comando por Cristovão Borges pressionou e em dois escanteios seguidos por pouco não não abriu o placar contra os comandados de Arthur Neto.

O Atlético Goianiense abriu o placar aos 9′ do primeiro tempo, após cobrança de escanteio, Gilvan desviou na primeira trave, que encontrou Marlon sozinho para abrir o placar.

Depois do gol o time do Goiânia não conseguiu chegar com perigo, a melhor chance foi aos 20′ da etapa inicial, quando Crispim tentou disputar a bola com a defesa rubro-negra, que afastou a bola.

A resposta do dragão veio nos minutos seguinte, Matheuzinho puxou o contra-ataque e tocou para Renato Kayzer, que tentou sair da marcação e tocou para Edson com muita força que não conseguiu fazer o domínio.

O time do Atlético chegou novamente aos 25′ do primeiro tempo, o lateral Reginaldo recebeu na frente e rolou para trás para a chegada de Marlon que errou o alvo.

o rubro-negro goiano ampliou aos 30′ do segundo tempo, Edson tentou após cruzamento de Jorginho, a bola bateu na zaga do Goiânia e sobrou com Reginaldo que cruzou rasteira para Ferrareis marcar o segundo do dragão na partida.

O Atlético Goianiense voltou a chegar aos 42′ da primeira etapa, o atacante Renato Kayzer carregou e tocou para o lateral Nicolas, que levantou na área, para Kayzer cabecear para fora.

O árbitro do jogo deu um minuto de acréscimo e o dragão chegou ao terceiro gol, Nicolas recebeu pela esquerda e cruzou para dentro da área, a zaga do Goiânia tentou cortar, mas a bola sobrou na frente para o atacante Renato Kayzer que marcou o terceiro no jogo.

Sem dar chances para o adversário, Atlético aumentou a vantagem

Na etapa final pouca coisa mudou, o Atlético continuou pressionado o adversário, e no primeiro minutos Matheuzinho tentou colocar no canto do goleiro adversário, mas a bola passou do lado do gol e saiu pela linha de fundo.

Aos 7′ do segundo tempo o Goiânia teve uma falta na entrada da área, Antony foi para a cobrança e bateu forte para a defesa do goleiro atleticano.

O Atlético sem forçar muito chegou ao quarto gol na partida, Renato Kayzer recebeu de Matheuzinho na entrada da área, o atacante devolveu de calcanhar para o companheiro que encheu o pé para ampliar o placar.

Sem o Goiânia esboçar reação o rubro-negro goiano tomou conta do jogo, e aos 25′ após cobrança de escanteio de Matheuzinho, o meia recebeu a bola e rolou para Marlon que arriscou, mas a bola passou do lado do gol adversário.

Ferrareis ganhou do adversário e invadiu a área, o atacante que marcou um dos gols do Atlético foi derrubado pelo zagueiro Cristiano dentro da área, e o árbitro Elmo Rezende marcou o pênalti. Jorginho foi para a cobrança da penalidade e marcou o quinto do dragão no jogo.

Com o placar de 5 a 0, o time comandado por Cristovão Borges assumiu a liderança do Campeonato, com o melhor ataque, com sete gols marcados em dois jogos, nenhum sofrido e seis pontos conquistados.

Comentários