Entretenimento

Ao vivo, Fátima Bernardes chora ao descobrir que idosa vai tomar vacina por sua causa

A apresentadora recebeu a primeira dose do imunizante na quinta-feira (3).

diario da manha

No programa de quarta-feira (9), Fátima Bernardes ficou bastante emocionada ao saber que uma senhora, avó de uma convidada da platéia virtual, irá tomar a segunda dose da vacina contra a Covid-19 por sua causa. A apresentadora recebeu a primeira dose do imunizante na quinta-feira (3).

Segundo a jovem, a idosa estava relutante em tomar a vacina. “Ela tomou a primeira dose em março e quando foi agora, ela ia completar a imunização em junho, porque ela ouviu muitas fake news, ela foi bombardeada e quando ela viu que você se vacinou: ‘eu falei é agora, vou mostrar a Fátima se vacinando pra ela'”, disse.

Leia também: R.R. Soares tem alta após internação por Covid-19

“Eu conheço o seu trabalho, nasci quando a sua carreira começou, em 1987. Te acompanhei, recebendo o seu ‘boa-noite’ no Jornal Nacional, a sua sensibilidade sempre nos emocionou. Sabia que nesse momento você não ia falhar pra gente, quando eu te vi ali dando o seu exemplo na fila e esperando o seu momento de vacinar, eu sabia que você era uma brasileira como a gente que está aqui em casa, e isso convenceu a minha avó”, contou.

Em seguida, Fátima Bernardes ficou emocionada com o depoimento. “Bárbara, eu tô muito emocionada. Você pode ter certeza disso. Estou muito emocionada de ouvir a sua história, tomara que outras pessoas ouçam isso”, disse.

Leia também: SP antecipa vacinação de todos trabalhadores da educação básica para esta sexta (11)

Além disso, a apresentadora do ‘Encontro’ aproveitou para alertar e incentivar os telespectadores. “A vacina boa é a que gente tem, é a que está perto da gente, é a que tá no nosso braço. Se você tá na dúvida, saiba que eu tomei a vacina e não tive nada que me impedisse de trabalhar, de continuar fazendo todas as coisas que eu queria. A vacina é segura, qualquer vacina que a gente está colocando no nosso braço pra combater o coronavírus é segura. Não deixe de se vacinar!”, pediu.

Comentários