Brasil

Olavo de Carvalho perde para Caetano Veloso na Justiça e terá que pagar R$ 2,9 milhões ao cantor

diario da manha

Caetano Veloso venceu novamente um processo contra Olavo de Carvalho na Justiça. Em 2017, o ex-astrólogo publicou em suas redes sociais chamando o artista de “pedófilo”.

Como resultado, Caetano entrou com uma ação na Justiça em outubro de 2020 e venceu. No entanto, Olavo entrou com um recurso recusando pagar uma indenização de R$ 2,9 milhões por danos morais.

Leia também: Ao vivo, repórter da Globo cai de ponte durante jornal; assista

O desembargador José Giordani, da 12ª Câmara Cível do TJ-RJ, negou a solicitação da defesa do bolsonarista. Na época, o valor foi estipulado por conta do não cumprimento de uma liminar para que apagasse as acusações de pedofilia envolvendo o artista.

Sob pena de multa diária de R$ 10 mil, a ordem deveria ter sido cumprida dentro de 48 horas, mas o escritor se recusou a cumprir a decisão.

Olavo de Carvalho ainda pode entrar na Justiça com embargos de declaração para tentar um novo recurso para se livrar da condenação, mas esta já é a segunda vez que ele é derrotado por Caetano nessa ação.

Leia também: Fábio Porchat pede “Fora Bolsonaro” durante missa de Paulo Gustavo

Comentários