Entretenimento

"A maconheira da Ludmilla" afirma vereadora sobre cantora

O fato ocorreu na Câmara Municipal de João Pessoa, nesta terça-feira (6).

diario da manha

Eliza Virgínia, vereadora de João Pessoa, referiu-se a cantora Ludmilla como maconheira, depois de fazer sérias críticas a cantora em decorrência do seu hit “Verdinha”. O fato ocorreu na Câmara Municipal de João Pessoa, nesta terça-feira (6).

De acordo com a vereadora, Ludmilla seria uma péssima influência para jovens e crianças já que usa sua visibilidade para lançar músicas, que segundo ela, faz apologia ao crime, ainda criticou artistas como o que fez exposição nú em um museu. Ela acredita que essas pessoas não mereçam ganhar o auxílio emergencial do governo.

Afirmou ela “Eu espero que esse auxílio seja destinado a verdadeiros artistas, e não por exemplo, para artistas que fumam maconha, como a maconheira Ludmilla. Esse tipo de artista não merece auxílio emergencial do governo”

Em um vídeo postado em seu instagram ela afirma que a cantora é criminosa e merece ir para prisão, a letra da música de “Verdinha” é uma delação onde Ludmilla confessa vender 1 grama de maconha por R$ 1,00, de acordo com a vereadora Eliza Virgínia.

O assunto veio à tona em uma sessão onde era debatido o pagamento de auxílio emergencial para artistas, a vereadora votou a favor, porém rasgou o verbo em relação a funkeira.

O projeto em si foi aprovado, como incentivo e apoio a área cultural, já que essa foi uma das mais atingidas pela pandemia. Premiações culturais, científicas, desportivas e artísticas também serão beneficiadas com o auxílio.

Comentários