Entretenimento

Gusttavo Lima é acusado de homofobia após comentário preconceituoso com Carlinhos Maia

diario da manha

Gusttavo Lima está sendo chamado de homofóbico nas redes sociais após uma piada desrespeitosa contra o Carlinhos Maia. O sertanejo, que recentemente esteve envolvido em um atropelamento de um ciclista ao deixar sua fazenda no interior de Goiás, realizava uma live quando foi notificado que o humorista, que é abertamente gay e casado, o assistia.

Gusttavo Lima mandou um recado ao casal e questionou qual era a forma de chamar seu marido: “Carlinhos Maia, um super beijo! Lindo, maravilhoso, gato! Manda um beijo também pro Lucas, que é… o marido ou é a esposa do Carlinhos?”. A ação desencadeou uma onda de críticas na internet.

O humorista foi às redes esclarecer o ocorrido, mas aproveitou para dizer que não ficou ofensivo: “Recebi muitos comentários porque o Gusttavo Lima na live dele perguntou se o Lucas era minha esposa ou meu esposo, como chamar. E é óbvio que eu não me ofendi, o Lucas também não”.

Nas redes sociais, internautas acharam a pergunta totalmente desnecessária e também criticaram Carlinhos Maia por “passar pano” para o sertanejo e compactuar com esse tipo de piada de cunho homofóbico.

Leia também: Gusttavo Lima e Leonardo anunciam live juntos

O Supremo Tribunal Federal reconheceu, em junho de 2019, que a discriminação por orientação sexual e de identidade de gênero é crime. A pena pode ser de um até três anos de prisão, além de multa. Já a propagação de ato homofóbico em meios de comunicação pode elevar a pena a cinco anos.

*Informações do Movimento Country

Comentários