Entretenimento

Por determinação judicial ex de Gugu vai receber R$ 42,5

Valor pago é referente ao que o apresentador pagava a médica quando estava vivo

diario da manha

Por determinação do juiz Galdino Toledo Júnior do Tribunal de Justiça de São Paulo, a ex-mulher, do apresentador Gugu Liberato, Rose Miriam di Matteo vai receber por mês US$ 10 mil, que é equivalente a R$ 42.500, valor que era pago a médica enquanto Gugu estava vivo.

A decisão do magistrado ele alega que Rose Miriam é médica formada e tem patrimônio próprio, incluindo um imóvel de alto padrão dado pelo apresentador, que pode ser alugado e afasta a necessidade de verba alimentar. Dessa forma o juiz definiu apenas a manutenção da pensão mensal paga pelo apresentador enquanto estava vivo.

O magistrado garantiu o pagamento dos US$ 10 mil por mês sem prejuízo, para que os mesmo continuem a serem efetuados, para a quitação de encargos com empregados e outras despesas como educação e lazer, além da saúde física, mental e dentária dos filhos.

A decisão lembra ainda que mesmo que tenha uma suposta união estável entre o falecido apresentador e Rose Miriam, essa não gera por si só o direito de pensão alimentícia.

O juiz afirmou também que Rose assinou juntamente com o apresentador um documento que informar que eles nunca foram um casal. Embora em sua justificativa, o magistrado salienta que tal documento não aparece como uma união estável. Pois conforme o documento registrado há um escopo apenas com a união de propósito para a criação dos filhos, sem coabitação ou intenção de conversão da união em casamento.

*Com informações do Metrópoles

Comentários

Mais de Entretenimento

9 de julho de 2019 as 11:36

Cuphead vai se tornar série na Netflix

25 de maio de 2019 as 19:51

Atriz Lady Francisco morre no Rio