Eleições 2020

Auxílio emergencial de Vanderlan será de R$ 300, garante candidato

De acordo com o candidato do PSD, o benefício vai atender cerca de 25 mil famílias que vivem em situação de vulnerabilidade em Goiânia

diario da manha

O candidato à prefeitura de Goiânia, Vanderlan Cardoso (PSD), afirmou nesta sexta-feira, 20/11, que vai criar o auxílio emergencial da prefeitura a partir de fevereiro de 2021. De acordo com o candidato, o benefício vai atender cerca de 25 mil famílias que vivem em situação de vulnerabilidade na capital.

“O auxílio emergencial do governo federal termina no dia 31 de dezembro, mas nós não podemos deixar as famílias da nossa capital desassistidas. A pandemia tem se prolongado e não sabemos exatamente quando vai terminar. Tem pessoas que não estão tendo praticamente nada para comer e o nosso compromisso, como venho afirmando, é cuidar das pessoas e nós vamos criar o auxílio emergencial no valor de 300 reais para socorrer essas famílias”, disse o candidato.

Segundo Vanderlan, o auxílio emergencial será criado em parceria com o governo do estado e, além de cuidar das famílias, terá um impacto importante na economia da cidade. “Tudo o que fazemos é muito discutido, planejado, e com responsabilidade, porque nós fazemos contas antes de qualquer decisão e poderemos atender essas famílias a partir do mês de fevereiro”, considerou.

No Senado Federal, Vanderlan foi autor de uma emenda que incluiu os trabalhadores intermitentes no chamado “coronavoucher”, que garantiu auxílio emergencial no valor de R$ 600,00 para pessoas de baixa renda. Por meio da emenda do senador goiano, garçons, faxineiras, cozinheiros, serventes e outros trabalhadores considerados intermitentes também puderam receber o auxílio.

“Tivemos essa vitória no Senado e conseguimos incluir essa parcela de trabalhadores no auxílio emergencial do governo federal. Agora, mais uma vez, trabalharemos para dar continuidade a esse beneficio e garantir o sustento das centenas de famílias que vivem em situação de vulnerabilidade na nossa capital”, afirmou o candidato.

Comentários