Brasil

Polícia estaria perto de prender suspeitos de crime que chocou Goiânia

Na tarde desta quarta-feira (28) um crime chocou Goiânia, os advogados Marcus Aprígio Chaves, filho do desembargador e Frank Alessandro Carvalhaes de Assis foram assassinados em seu escritório em Goiânia.

diario da manha

Os advogados Marcus Aprígio Chaves e Frank Alessandro Carvalhaes de Assis foram assassinados em seu escritório em Goiânia.

Na tarde desta quarta-feira (28) o crime chocou Goiânia, os advogados Marcus Aprígio Chaves, filho do desembargador, e Frank Alessandro Carvalhaes de Assis foram assassinados em seu escritório em Goiânia.

Segundo a polícia militar o crime ocorreu entre as 14h30, dois homens marcaram horário para atendimento e ao serem chamados dispararam tiros contra as vítimas. Segundo informações apuradas a secretária foi a primeira a ouvir os tiros e se dirigir ao local. Testemunhas afirmaram que os suspeitos fugiram do local em uma moto que já foi apreendida.

De acordo com as características a suspeita principal é que o crime se trata de uma execução. As investigações ainda em curso buscam entender se o crime está ligado ao exercício da advocacia.

Há relatos de que o crime tem envolvimento de familiares de políticos de uma importante cidade do Entorno de Brasília. Segundo apuração os suspeitos estão sob custódia mas não houve confirmação até o fim desta editoria.

A editoria deste aguarda maiores informações e participará da coletiva de impressa convocada as 10h desta sexta-feira (30).

Comentários