Eleições 2020

Candidatos a prefeito de Goiânia tem patrimônios de até R$ 14 milhões

Entre os 15 candidatos, Vanderlan Cardoso (PSB), foi o que declarou maior patrimônio. Dois deles não declararam nenhum bem

diario da manha
Foto: Reprodução/ G1 Go

Terminou no último sábado (26), os registros das candidaturas e declarações de bens dos candidatos à prefeitura de Goiânia, que declararam a justiça eleitoral patrimônios que vão de zero até R$ 14 milhões.

Ainda em fase de análise, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), vai determinar se elas serão ou não homologadas. Até o momento, o maior patrimônio declarado entre os 15 candidatos à prefeito de Goiânia, é de Vanderlan Cardoso (PSD), que totaliza R$ 14,6 milhões. Em seguida, Maguito Vilela (MDB) é o segundo candidato com maior patrimônio, R$ 2,7 milhões. Talles Barreto declarou R$ 1,9 milhões de bens.

Os outros candidatos declararam valores abaixo de R$ 1 milhão, patrimônios que variam entre R$ 44 mil e R$ 705 mil. Alguns candidatos não declararam nenhum bem ao TSE, como Fábio Junior e Vinícius Gomes.

Veja o patrimônio de cada candidato

  • Alysson Lima (Solidariedade) – R$ 542.235,21
  • Antônio Vieira (PCB) – R$ 150.000,00
  • Cristiano Cunha (PV) – R$ 545.900,07
  • Delegada Adriana Accorsi (PT) – 507.789,92
  • Elias Vaz (PSB) – R$ 220.000,00
  • Fábio Júnior (UP) – Nenhum bem declarado
  • Gustavo Gayer (DC) – R$ 44.699,49
  • Maguito Vilela (MDB) – R$ 2.736.162,10
  • Major Araújo (PSL) – R$ 705.000,00
  • Manu Jacob (Psol) – R$ 138.600,00
  • Samuel Almeida (Pros) – R$ 427.427,25
  • Talles Barreto (PSDB) – R$ 1.938.568,53
  • Vanderlan Cardoso (PSD) – R$ 14.671.500,87
  • Vinícius Gomes (PCO) – Nenhum bem declarado
  • Virmondes Cruvinel (Cidadania) – R$ 365.257,08

Comentários