Coronavírus

Diretor responsável pelo Enem morre em decorrência da Covid-19

General Carlos Roberto Pinto de Souza, era o chefe de Avaliação da Educação Básica do Inep, e responsável pela aplicação do Enem

diario da manha

O diretor de Avaliação da Educação Básica do Inep, general Carlos Roberto Pinto de Souza, de 59 anos, morreu nesta segunda-feira (12) em decorrência de complicações causadas pela Covid-19. Carlos Roberto era responsável pela elaboração do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O Folha de S. Paulo, que divulgou a causa da morte, também informou que o general estava internado com a doença desde dezembro em hospital de Curitiba, no Paraná.

A morte ocorre poucos dias antes da realização do Enem, que tem data prevista para acontecer nos dias 17 e 24 deste mês. “A presidência do Inep, em nome de todos os seus colaboradores, agradece o trabalho desempenhado com dedicação, entusiasmo, responsabilidade e senso ético pelo diretor Carlos Roberto. Seu nome estará registrado na história do Inep”, diz a nota do Inep, que não cita a doença, divulgada na segunda-feira.

Devido ao aumento de casos da covid-19, a aplicação das provas do Enem vem sendo alvo de críticas e pressões para que o exame seja adiado. A Defensoria Pública da União entrou com um pedido na Justiça para que o exame seja postergado novamente. O pedido ainda aguarda julgamento.

O Inep que já vem salientando que existem condições seguras para os exames, anunciou nesta segunda que para evitar aglomerações, os portões de entrada serão abertos com 30 minutos de antecedência.

Comentários