Educação

UniAraguaia lança observatório sobre direitos da mulher rural

De acordo com a coordenação do curso de direito da instituição, o foco é trabalhar com os direitos da mulher rural. “Muitas vezes falamos dos direitos da mulher urbana e esquecemos de falar da mulher rural”

diario da manha
Foto: Reprodução

Na próxima sexta-feira dia 25 de setembro às 17h, o Centro Universitário UniAraguaia realizará a cerimônia de lançamento do Observatório dos Direitos das Mulheres. O evento será virtual, com transmissão ao vivo pelo canal da instituição no Youtube.

De acordo com a coordenadora adjunta do curso de direito da UniAraguaia, Ivna Lauria, o projeto visa discutir e refletir sobre a vida e os direitos da mulher rural. “O observatório é um sonho antigo nosso do curso de direito, de trabalhar os direitos das mulheres, mas não só na violência contra a mulher, como também sobre a vida da mulher rural”.

Segundo ela, essas mulheres enfrentam muitas dificuldades. “Principalmente previdenciárias e trabalhistas”. O intuito do observatório é trabalhar com essas mulheres e entender suas dificuldades gerais, “da mulher quilombola, rural e da mulher negra”, pontua.

A coordenadora adjunta explicou ao DM que além de atender essas mulheres o observatório pretende trabalhar também com pesquisas na área. “Vamos trabalhar pesquisa e extensão, proporcionando aos nossos estudantes grupos de estudo, pesquisas e incentivar a escrita de artigos científicos e na prática jurídica o trabalho e a defesa das mulheres”, explica Ivna.

Para a coordenação do curso de direito, através do projeto será possível lutar contra as estatísticas que envolvem a mulher e os números de violência. “Queremos emponderar o fortalecimento das mulheres”. O projeto já possui uma estrutura dentro da instituição para atender a demanda presencial após a pandemia.

Programação

O evento de lançamento contará com a presença de membros da comunidade acadêmica e sociedade civil. Dentre os convidados estão a a Secretária do Conselho Estadual da Mulher de Goiás, Ana Rita Marcelo de Castro e a delegada da 1ª Del. Esp. no Atendimento à Mulher de Goiânia, Paula Meotti.

Outras convidadas são a Presidente da Plataforma Portuguesa para os Direitos das Mulheres, Vice-Presidente do Lobby Europeu das Mulheres e membro do grupo de referência global da UE/ONU no âmbito da Iniciativa “Spotlight”, Ana Sofia Fernandes e a Diretora do Womens Center Harvard College, Heidi Wickersham.

Convite

Comentários