Economia

Bolsonaro indica general para assumir a presidência da Petrobras

Ministério de Minas e Energia, anunciou a indicação de Joaquim Silva e Luna para atuar como conselheiro de administração e presidente da Petrobras

diario da manha

O governo federal anunciou, na noite desta sexta-feira, (19) que vai trocar o presidente da Petrobras. Para assumir o cargo, o Ministério de Minas e Energia, anunciou a indicação de Joaquim Silva e Luna para atuar como conselheiro de administração e presidente da Petrobrás. Segundo o comunicado, a troca deve acontecer após o encerramento do ciclo, superior a dois anos, do atual presidente, Roberto Castello Branco. Silva e Luna é general e atualmente é presidente de Itaipu.

Seguindo os tramites, o conselho de administração da Petrobrás agora deve avaliar o nome indicado, podendo barrar ou acatar essa indicação. O governo, porém, tem maioria no colegiado de 11 membros. Luna é um general da reserva do Exército Brasileiro, foi Ministro da Defesa entre fevereiro de 2018 e janeiro de 2019.

Joaquim Silva e Luna- (Foto: Reprodução/G1)

Em uma rede social, o presidente Jair Bolsonaro confirmou a mudança e no comunicado ressaltou que “jamais vamos interferir nessa grande empresa, na sua política de preço”. Um dia antes de Bolsonaro havia afirmado vai zerar os tributos federais sobre o diesel, após novo anúncio de reajuste dos combustíveis pela Petrobrás, no qual classificou como “fora da curva” e “excessivo”.

Na última quinta-feira, (18), ele ainda reforçou que não pode interferir na estatal, mas ressaltou que a medida “vai ter consequência.

Luna assumiu o cargo de diretor-geral de Itaipu, para um mandato de até quatro anos, em sentembro de 2029. Ele havia substituido o presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira, já fora do governo. Apesar da indicação do governo, o MME ainda não informou quem vai assumir o comando de Itaipu. (Com informações do portal Terra)

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe DM Online www.dm.jor.br pelo WhatsApp (62) 98322-6262 ou entre em contato pelo (62) 3267-1000.

Comentários