Economia

Codego investe na contratação de auditoria independente

Companhia fortalece departamentos de controle interno, adota tolerância zero para desvios de conduta e práticas de corrupção

diario da manha
Esforços empreendidos pela atual gestão da Codego contemplam, ainda, a adoção de um programa robusto de integridade, com tolerância zero para qualquer ato de corrupção e desvio de conduta

A Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego) investe R$ 92,5 mil na contratação de uma auditoria independente, que revisará todos os registros contábeis e contratos firmados, passando o histórico da estatal a limpo. A iniciativa traz mais confiabilidade aos registros contábeis e financeiros da estatal, alinhando os procedimentos aos padrões internacionais de contabilidade. Como consta no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (24/11), a ganhadora da licitação foi a empresa Russell Bedford Brasil.

Os esforços empreendidos pela atual gestão da Codego contemplam, ainda, a adoção de um programa robusto de integridade, com tolerância zero para qualquer ato de corrupção e desvio de conduta, com o mapeamento, gestão e tratamento de riscos, bem como a capacitação dos colaboradores para a promoção de um ambiente ético e transparente. Essas medidas estão alinhadas com o Programa de Compliance Público do Governo de Goiás.

“Por determinação do governador Ronaldo Caiado, estamos transformando a Codego em uma empresa total e plenamente transparente, para que não haja a menor possibilidade de desvio de conduta. Estamos tomando todas as atitudes possíveis para resguardar a Companhia e retomar a confiança da sociedade e do empresariado”, afirmou o presidente da estatal, Hugo Goldfeld.

Nos últimos meses, segundo o presidente da Codego, a equipe da Companhia tem trabalhado para modernizar seus regulamentos e tornar mais claros os seus processos de alienação. “Temos a convicção de que em breve tais esforços resultarão na geração de milhares de empregos diretos e indiretos para Goiás, com a atração de empresas”.

Foto: Codego

tags:

Comentários