Economia

Procon Goiás registra aumento de 2,95% em itens típicos de época junina

Para auxiliar os consumidores nas compras, foram verificados os preços de 83 produtos

diario da manha

O Procon Goiás visitou dez estabelecimentos de Goiânia para verificar preços de itens tradicionais desta época junina. Para auxiliar os consumidores nas compras, foram verificados os preços de 83 produtos, entre os dias 22 e 29 de maio.

Alguns itens como milho de pipoca, coco ralado, leite condensado, amendoim, paçoca, pé de moleque, bebidas, fubá de milho, mistura pronta pra bolo, milho de pipoca, creme de leite, amido de milho, condimentos, canjica, itens de hortifruti, dentre outros, foram vistos.

Segundo o Procon, o aumento anual foi de 2,95%, pouco acima da inflação oficial, e a variação de preços chegou a 135%. A canjica amarela sofreu aumento médio de 38%, mas a maior variação foi no preço do quilo da abóbora moranga que chegou a 670%. Itens para preparar somente uma receita pode gerar uma economia de até R$ 11.

O Procon Goiás indica a importância de se pesquisar em pelo menos três estabelecimentos antes de comprar. As variações tratam-se de produtos da mesma marca, modelo e gramatura. Portanto, é recomendado elaborar uma lista com os produtos necessários, comparando os preços por marcas diferentes.

As informações inclusas nas embalagens devem ser observadas para a verificação de qualidade. Como a identificação do fabricante, ingredientes, prazo de validade, origem e peso.

Na compra de produtos à granel, a data de validade do produto também deve ser informada por meio de cartazes, e a pesagem deve ser realizada junto ao consumidor. Esses produtos devem estar protegidos de poeiras, insetos e etc.

Comentários