DM Autos

Bronco Sport: Andamos no novo SUV de R$ 256.900 da Ford

Modelo de 240 cv e tração 4x4 alia luxo com perfil off-road radical.

diario da manha

O Bronco Sport que a Ford começa a trazer para o Brasil representa não só o início de um novo período da marca no mercado brasileiro depois do fechamento das suas fábricas no País. O modelo é também o exemplo claro de que veículos utilitários podem reunir luxo e pegada off-road severa. Tem dúvida? Se você conhecer o Bronco, vai entender o que estamos afirmando.

O utilitário é ideal para aventuras mais radicais. O carro em até uma base flexível no porta-malas que se transforma em uma mesinha. Esqueceu o abridor de garrafas? Na parte interna da coluna do porta-malas tem um fixado. Portanto, não se preocupe com esse detalhe que lá no meio do mato fará muita falta.

Outro detalhe interessante que o Bronco traz e que facilita ainda mais a vida dos aventureiros: o vidro traseiro pode ser aberto também quando não houver a necessidade de abertura da tampa do porta-malas para guardar objetos menores.

Luxo e aventura

Urbano luxuoso, mas aventureiro como poucos. Foi exatamente essa a impressão que tivemos durante o período em que o novo SUV médio com tração 4×4 que a fabricante foi buscar no México esteve em nossas mãos para um período de testes. Muito antes do seu lançamento oficial, a Ford já tinha cedido uma unidade do modelo para o DMAutos avaliar.

Só não antecipamos informações por conta do embargo imposto pela marca. Diz o ditado popular que “o que é combinado não é caro”. Então guardamos para hoje, dia 20 de maio, a publicação da matéria do teste com a versão Wildtrak que a Ford está trazendo para o Brasil.

Foi um período rápido de avaliação e nós, na condição de Editor de Veículos do Diário da Manhã, fomos o primeiro a rodar no Bronco Sport em Goiás. Durante os cinco dias a bordo do utilitário médio percebemos muitos olhares curiosos e tivemos que responder a muitos questionamentos de pessoas querendo saber informações sobre o modelo.

A reação das pessoas é normal. O mundo automotivo aguça e, no caso da Ford, a marca deu um susto nos seus consumidores ao anunciar o fechamento das suas fábricas, consequentemente deixando de produzir os modelos EcoSport e Ka.

Importação

A fabricante, porém, não se aquietou e partiu rápido para uma reação, assegurando todo o respaldo aos proprietários dos modelos descontinuados e anunciando novidades importadas. A Ford Ranger já vinha mesmo da Argentina e com relação ao modelo, portanto, não houve qualquer mudança.

O SUV premium Territory, por sua vez, importado da China, continua firme no novo portfólio da marca e o esportivo Mustang Mach 1 está confirmado para o próximo mês. Assim,a Ford vai se recompondo com modelos importados, conforme a nova proposta de operações da fabricante para o Brasil.

O SUV Bronco Sport, modelo fabricado no México e consagrado no mercado-americano, é uma das principais atrações que a Ford lança no mercado brasileiro. Sem dúvida um carro com uma proposta capaz de reforçar em muito a marca no País.

A vinda do SUV na versão Wildtrak especialmente desenvolvida para o Brasil enfatiza o acerto da Ford na sua importação.

Bronco Sport: Concorrentes

O SUV Bronco Sport, com tração 4×4, chega ao Brasil com preço de R$ 256.900. A Ford apresenta seu novo carro como concorrente direto do Land Rover Discovery Sport, que custa R$ 293.950 mil na versão de entrada S. Outros dois modelos indicados para a disputa são o Audi Q3, com preço de 264.990 na versão Black Edition, e o BMXW X1 sDrive20i, vendido por R$ 256.950.

Dos concorrentes do Ford Bronco Sport Wildtrak, o Land Rover Discovery Sport é o que tem um perfil mais aventureiro. Contudo, o SUV mexicano ganha pela sua capacidade off-road, com perfil de rodagem em qualquer tipo de terreno e com um conjunto de tecnologias ideal para o chão mais severo e a cidade.

Andamos no Bronco na cidade, onde seu desempenho dinâmico em parece ser do SUV com capacidade off-road para lama, rocha, areia, cascalho e terra. É só acionar a função G.O.A.T Modes que o condutor encontra a o modo ideal para cada tipo de terreno, gerenciando a performance do motor.

Condução

O G.O.A.T. Modes ajusta automaticamente os parâmetros do veículo para cada condição de pista. O sistema conta com sete modos de direção – Normal, Eco, Esportivo, Escorregadio, Areia, Lama e Rock Crawl (Rocha) – selecionadas por meio de um botão no painel.

Foto: Studio Ali

Cada modo é indicado nas seguintes situações:

  • Normal – para uso cotidiano do veículo.
  • Eco – prioriza a economia de combustível, com trocas de marcha em rotações mais baixas, tração 4×2 e pedal do acelerador menos responsivo.
  • Esportivo – voltado ao desempenho no asfalto. Além de direção e suspensão mais rígidas, aumenta a aceleração e a transmissão mantém as marchas mais baixas por mais tempo.
  • Escorregadio – facilita o controle do veículo em superfícies molhadas ou gelo. O controle de tração é mais responsivo, mantendo os pneus em contato com o piso.
  • Areia – exclusivo para fora de estrada, em superfícies soltas, profundas e sulcadas. O motor e a transmissão aumentam a tração e permitem o patinamento das rodas para que o veículo não fique preso.
  • Rocha (Rock Crawl) – desenvolvido para navegar em terreno irregular, como grandes rochas, em velocidade muito baixa e controlada.
  • Lama/Terra – oferece uma experiência otimizada em terrenos irregulares e lama. Os controles de estabilidade e tração são menos restritivos, para permitir que os pneus girem mais e removam a lama dos sulcos.

O motor 2.0 EcoBoost de 240 cv de potência, a gasolina, e 38 kgfm de torque, associado à transmissão automática de oito velocidades, é dos mais atrevidos. Tem fôlego esportivo e retomadas que fazem o condutor sentir firmeza nas ultrapassagens.

O consumo registrado a cada 100 km foi de 14 litros na rodovia. É muito? Não, principalmente por se tratar de um carro, embora com perfil off-road, com uma performance em pista que impõe respeito.

O SUV Bronco Sport é um utilitário médio, mas com uma aparência que passa a impressão de ser de um segmento acima. O modelo na verdade foi bem trabalhado no seu projeto de construção. É robusto, tem um design visual marcante e chama a atenção pelo luxo e bom espaço interior. Nem parece ser um SUV feito para enfrentar qualquer terreno.

Impressões ao dirigir o SUV Bronco

As impressões que tivemos do Ford Bronco Sport Wildtrak foram as melhores possíveis. Bonito, luxuoso e bravo chão. Excelente opção para os amantes de aventura que gostam de conforto, mas que têm um valor considerável de R$ 256.900 para investir visando não só o dia a dia na cidade, mas também no lazer mais radical nos finais de semana.

Da cidade, levamos o Bronco para o chão. A intenção era realmente desafiar o modelo quanto aos seus aspectos de rodar em locais menos civilizados. E não é que o SUV surpreendeu. O maior trecho foi de terra com subidas e descidas, em um terreno escavado para construção de uma represa. A tração 4×4 do modelo torna qualquer obstáculo mais fácil.

O Ford Bronco encara bem os obstáculos com seus com seus ângulos de 30,4 graus de entrada, 33,1 graus de saída e de 24,4 graus de transposição em rampa e 223 mm de atura do solo. O entre-eixos do modelo mede 2,670 mm. Contribuem para o bom desempenho no fora-de-estrada os pneus todo-terreno 225/65R17.

Tecnologias a bordo

A lista tecnologias assistência ao motorista do Bronco Sport traz piloto automático com Stop and Go e alerta de colisão com assistente autônomo de frenagem, estacionamento com visão 360º e detecção de pedestres, sistema de alerta e centralização em faixa, câmera traseira com visão 180º, sistema de reconhecimento de placas, alerta de ponto cego e assistente de manobras evasivas e sensor entre outros recursos desenvolvidos para facilitar a direção tanto na cidade como em ambientes off-road.

O novo SUV da Ford conta ainda com nove airbags, teto solar, assoalho emborrachado, farol alto automático, tação 4×4, diferencial blocante, rodas 17” e painel digital com tela de 6.5” e tela touch screem de 8.0”

Com relação à conectividade, o Bronco traz recursos de última geração como o aplicativo FordPass e soluções inteligentes de conveniência. Entre outras comodidades, o modelo oferece carregador de celular por indução, partida remota e abertura independente do vidro traseiro e do porta-malas com sistema de gerenciamento de carga.

Ficha técnica
Motor: 2.0 EcoBoost
Posição: Dianteira, transversal
Combustível: Gasolina
Nº de cilindros/ válvulas: 4 em linha/ 16
Diâmetro cilindro x curso pistão (mm): 87,5 x 83,1
Cilindrada (cm³): 1.999
Relação de compressão10,0:1
Alimentação: Bomba elétrica de alta pressão
Tração: 4×4
Potência máxima (cv): 240 (@ 5.500 rpm)
Torque máximo (kgfm): 38,0 (@ 3.000 rpm)
Rotação de marcha lente: 750 rpm
Rotação máxima: 6.500 rpm

Transmissão

Tipo: SelectShift Automática, 8 marchas à frente e uma à ré, com “paddle-shift” e resfriador de óleo

Relações de marcha:

1ª ….4,689:1
2ª ….3,306:1
3ª ….3,012:1
4ª ….1,923:1
5ª ….1,446:1
6ª ….1,000:1
7ª ….0,747:1
8ª ….0,617:1
Ré…..3,400:1
Relação final: 3,800:1
Relação máxima conversor torque: 1,85:1
Carroceria: Construção monobloco

Freios

Serviço: Hidráulico com assistência elétrica, dois circuitos
independentes em diagonal. Discos ventilados na dianteira e lona na traseira. Distribuição de frenagem controlada pelo ABS/DSC nas quatro rodas

Estacionamento: Freio com acionamento elétrico
Direção: Eletricamente assistida (EPAS)

Suspensão

Dianteira:  Independente MacPherson com mola exclusiva, barra estabilizadora, amortecedores pressurizados e stop hidraulico. Montada em chassi auxiliar de aço e braços de aluminio forjado. Sistema exclusivo de suspensão de estabilidade off-road de alto desempenho HOSS –High-

Performance Off-Road Stability Suspension

Traseira: Independente com barra estabilizadora,
amortecedor monotubo, montada em chassi auxiliar isolado da carroceria
Rodas: Liga leve 17”/7”
Pneus: 225/65 R17 Pirelli Scorpion AT

Circuito elétrico

Alternador: 110 V AC 400 W
Bateria: 12 V – 60 Ah
Dimensões (mm)
Comprimento total: 4.386
Largura total com espelhos: 2.099
Largura total com espelhos dobrados: 1.938
Altura em ordem de marcha: 1.797 (normal) 1.813 (off-road)
Entre-eixos: 2.670
Balanço traseiro: 861
Altura livre do solo: 223 mm
Ângulo de entrada (graus): 30,4
Ângulo de saída (graus): 33,1
Ângulo de transposição de rampa (graus): 24,4

Capacidades (kg)

Peso em ordem de marcha: 1.718
Peso Bruto Total: 2.159
Capacidade de carga: 441
Capacidade de reboque: 900
PBT Combinado: 3.059
Volume do porta-malas – VDA (L): 580/1.472 (banco tras. rebatido)
Número de passageiros: 5
Tanque de combustível (L): 64

Garantia: 36 meses sem limite de quilometragem

Comentários