DM Autos

Fiat Strada Endurance Plus traz mais espaço na cabine e caçamba. Veja o teste

Andamos na versão de duas portas estritamente de trabalho da picape 2021.

diario da manha

A Fiat Strada Endurance Plus traz um diferencial na linha 2021 da picape mais vendida do mercado. A versão estritamente de trabalho não tem cabine simples, nem estendida. Agora é Plus.

O nome de batismo indica que a versão com carroceria de duas portas da Strada tem um espaço a mais na cabine. E tem mesmo. São 150 litros de ganhos para transportar objetos de pequeno porte atrás dos bancos.

Andamos na versão feita para frotistas e profissionais de atividades diversas que necessitam de um veículo pequeno, ágil, com carroceria e que ofereça certo conforto.

Afinal, veículo de trabalho tem que oferecer um “plus” no acabamento porque motorista e ajudante não são de ferro e merecem cumprir o dia a dia de trabalho sem tanto estresse.

Então tá. Se é isso mesmo, a Strada Endurance Plus, versão de entrada da linha, faz a sua parte e foi o ue demonstrou no teste que realizamos com a versão, equipada com todos os opconais.

Boa sacada

A versão Endurance Plus foi boa sacada da fabricante italiana ao empregar mais espaço na cabine. Foi também uma iniciativa louvável entregar uma caçamba com maior capacidade de carga.

Nesses quesitos e também na aparência e em toda a estrutura, a Endurance Plus supera picape cabine simples da linha anterior, que segue ainda em produção na versão Hard Working 1.4.

Os avanços que a Endurance Plus recebeu são por um motivo óbvio. A Fiat sabe muito bem que versões de trabalho são o forte das vendas de picapes e tratou de investir mais na versão de duas portas para ajudar a manter a Strada na liderança do mercado no segmento, como faz há 20 anos.

Aliás, no último mês de setembro a Fiat Strada fechou com 11.873 picapes emplacadas e terminou o período na liderança, desbancando o até então quase que imbatível Chevrolet Onix.

Motor 1.4 Fire

Equipada com motor 1.4 Fire, com 88 cv e 12,5 kgfm de torque, associado ao câmbio manual de cinco marchas, a Strada Endurance Plus mostra-se eficiente. Esse propulsor vem da linha anterior, sendo, portanto, um conhecido do mercado.

Nas versões de trabalho da nova Strada, incluindo as versões Endurance de quatro portas, exceto a Freedom de duas portas, que traz o motor 1.3 sob o capô, o que tem de velho mesmo é só a motorização 1.4 Fire.

O motor 1.4 Fire utilizado na linha Endurance (cabine plus e cabine dupla) tem um custo menor, razão pela qual a Fiat optou por ele nas versões de trabalho da picape.

Esse motor pedrde um pouco em desempenho para o novo 1.3 Firefly, mas nem por isso deixa de ser eficiente sob o capô da Endurance. O câmbio, de relações curtas, é o mesmo manual de cinco marchas empregado em todas as versões.

“Gemidas” do motor

Umas “gemidas” são percebidas no motor 1.4 Fire em acelerações mais fortes e a direção, por ser hidráulica, rouba também força do motor. Na cidade, o motor 1.4 registrou consumo na casa dos 8,0 km/l, rodando com etanol.

Poderia ter sido melhor não fosse o período de calor absurdo em Goiânia, rondando a casa dos 40 graus. Na estrada, com o mesmo combustível, o consumo foi de 9,2 km/l, rodando vazio.

Preço

A versão básica da Strada Plus custa R$ 63.590. Com todos os opcionais, exatamente como na versão duas portas que testamos, o preço chega a R$ 69.730.

Desta forma, pra pagar esse valor, o melhor mesmo é partir para a versão Freedom 1.3, também com duas portas, que tem preço de R$ 69.500. Trata-se de uma decisão muito simples, matemática e racional.

A direção com assistência hidráulica só é notada mesmo em manobras pelo fato de ficar um pouco mais pesada. Com a picape em velocidades mais altas o peso sentido praticamente desaparece.

Nesse caso, quem está sentado no banco do motorista termina a longa jornada do dia sem o cansaço que comerciais leves geralmente causam. A boa posição de dirigir também favorece no dia a dia de trabalho exaustivo.

Cabine espaçosa

A nova Fiat Strada Endurance 2021, que traz características de cabine simples e estendida, mas que é chamada de Plus, é mais espaçosa e oferece maior capacidade de carga em relação à antiga cabine simples.

A Strada Endurance Plus vem com a identificação da versão na lateral e pode ser identificada também pelos para-choques sem pintura, ausência dos faróis de neblina e rodas de ferro aro 15″.

A grande  caçamba vem de fábrica com o protetor, mas a capota marítima não vem e tem custo adicional R$ 800. A luz d condução diurna é halógena.

A Endurance Plus traz como itens de série controles de tração e estabilidade com assistente de partida em rampas e o bloqueio eletrônico do diferencial, chamado TC+ e ar-condicionado. Os vidros e travas elétricas, sistema de som, bem como multimídia e regulagem de altura do banco do motorista são itens opcionais.

Carga

Se a versão é para o trabalho, então espaço é item que deve ser levado em conta. A caçamba, da Fiat Strada Plus tem capacidade para 720 kg (cresceu 20 kg) e volume de 1.354 litros, contra os 1.220 litros. A tampa traseira agora tem uma mola para reduzir o esforço para abertura e fechamento e pode contar opcionalmente com trava elétrica.

A caçamba conta ainda com pontos para amarração de carga e uma luz em LED para iluminação. O espaço mede 1,71 m de comprimento, 1,36 m de largura, 1,05 m entre as caixas de rodas) e 60 cm de altura. A picape tem 4,74 metros de comprimento, 1,73 metro de largura, 1,60 metro de altura e 2,73 metros de entre-eixos.

A picape vem com um novo conceito de construção por conta da nova plataforma. Contudo, a  suspensão traseira ainda funciona com mola semi-elíptica, a mesma do modelo anterior. Comparada com a irmã com cabine simples anterior, a nova Strada Endurance evoluiu consideravelmente. Vazia, salta um pouco, mas com alguns objetos na caçamba a condução fica tranbuila.

Posição de dirigir

 Além do maior espaço interno, a posição de dirigir é elevada favorece para uma direção confortável. O banco do motorista conta com regulagem de altura como itens opcional e ajuste da coluna de direção de série.

Embora sendo uma picape operária, o interior tem bom acabamento. Os comandos estão bem posicionados na área de visão do motorista, além de permitirem fácil acesso. Os bancos oferecem conforto além do necessário para uma versão de trabalho. A cor preta está no teto e nas colunas.  

Pacotes opcionais da Fiat Strada Endurance Cabine Simples

Pack Worker:  Alarme, travas e vidros elétricos, brake light, banco do motorista com ajuste de altura – R$ 2.500
Pack Audio – Rádio, porta USB frontal, volante multifuncional) –  R$ 2.500

Pack Tech – Multimídia com tela de 7 polegadas, display digital de 3,5 polegadas no painel de instrumentos, duas portas USB, câmera de ré, sensor de estacionamento) – R$ 3.500

Fiat Strada Endurance Plus 2021: Ficha técnica

Motor: dianteiro, transversal, quatro cilindros, 8 válvulas, 1.368 cm3, comando simples com variador de fase, flex
Potência: 85 (G)/88 (E) cv a 5.750 rpm
Torque: 12,4 (G)/12,5 kgfm a 3.500 rpm
Câmbio: Manual de 5 marchas, tração dianteira
Suspensão: Independente McPherson na dianteira, eixo rígido com mola semi-elíptica na traseira
Rodas: Aço aro 15″ com pneus 195/65 R15
Freios: Discos ventilados na dianteira e tambor na traseira, com ABS
Peso: 1.078 kg em ordem de marcha
Dimensões: Comprimento 4.474 mm, largura 1.732 mm, altura 1.608 mm, entre-eixos 2.737 mm
Tanque: 55 litros
Caçamba: 1.354 litros
Carga útil: 720 kg
Preço: R$ 63.590 (Básica) e R$ 69.730 (Completa)

Comentários